quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Pontualidade portuguesa

Já cheguei à conclusão para a maioria das pessoas o relógio serve para enfeitar o pulso. A falta de pontualidade vê-se em todo o lado. É nos consultórios médicos, é no cabeleireiro, é nos encontros profissionais, é nos encontros sociais, enfim.
Há conta desses atrasos até evito marcar saidas com certas pessoas. Só de imaginar que vou ficar, no minímo, meia hora à espera de uma, mais 15 minutos à espera de outra e começar o programa 1 hora mais tarde do que o combinado... resultado: é melhor não marcar nada porque não estou para me stressar. Já experimentei marcar 2 horas para os encontros. Uma para os pontuais e meia hora mais cedo para os atrasados. Mesmo assim esperamos por eles.
Acho estes atrasos constantes uma falta de respeito e de profundo mau gosto.

Sem comentários: