segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Carta ao Pai Natal

Querido Pai Natal,

Tenho sido uma menina bem comportada.
Como a sopa toda, não faço mal a ninguém nem digo (muitos) palavrões.
Como sei que a tua fábrica já está a produzir as prendinhas de Natal para estar tudo pronto dia 25 de Dezembro, decidi dizer-te já o que gostava de receber como prenda porque é algo que te vai dar um bocadinho de trabalho. Sim não vai ser fácil Pai Natal, mas eu sei que tu consegues até porque eu mereço, e bem sabes disso.
Pede aos teus pequenos ajudantes que preparem pós mágicos. Envia-os pela estrelas cadentes até mim e envolve-me em paz, harmonia e sorte para eu conseguir conquistar o meu desejo. Com eles afasta as pessoas más da minha vida e rodeia-me de lealdade e justiça. Abre caminhos de prosperidade e mudança.
Neste Natal eu gostava de receber como prenda reconhecimento, confiança e justiça.
Obrigada Pai Natal.

1 comentário:

S* disse...

Reconhecimento faz mesmo muita falta... :/