terça-feira, 11 de setembro de 2012

Não há pachorra que aguente

Logo de manhã... nem me deixam acordar.
O que me apetece responder:

Cliente - Onde assino? Nesta linha?
Eu na minha mente: Não a linha está só ai para enfeitar o papel. Tem que assinar naquele quadro que está ali pendurado na parede...

Eu: prontinho 500 euros. (e coloco o dinheiro em cima do balcão)
Cliente - Quero isso em 2 montes um de 200 euros e outro de 300 euros.
Eu na minha mente: e que lhe leve a comidinha à boca não quer, nao? E o cuzinho tb não quer que o limpe?

Eu: assina p.f.
Cliente - Assino o meu nome?
Eu na minha mente: Não! Assina o do primeiro-ministro...afinal merda por merda tanto faz.



Sem comentários: