quarta-feira, 10 de outubro de 2012

As cinquenta sombras mais negras

Já inicei a leitura do segundo livro da trilogia "As cinquenta sombras".
Após decorridas 88 folhas tenho a dizer o seguinte:

- a tradução continua a ser  fraquinha
- também contém erros ortográficos tal como no primeiro livro, o que acho inadmissivel

No entanto não é o suficiente para me demover de acompanhar aquele romance, os diálogos e pensamentos da deusa interior (a minha personagem preferida) e de devorar cada linha com interesse e curiosidade. 

Sem comentários: