sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Acontece

Dizem:
Ah e tal eu não quero casar porque não gosto de compromissos, não me quero prender, se correr mal vai cada um para o seu lado, não há cá papeis para assinar, nem tribunais, nem nada dessas coisas.

E depois fazem isto:
Ah e tal vamos comprar um apartamento em conjunto porque a vida tá dificil mas casar não porque não quero compromissos, nem prisão, blá blá blá blá blá blá blá...

O resultado é este:
Cenário 1:
A relação não corre bem e separam-se afinal não são casados e vai cada um para o seu lado...ah não...não vai, espera, é preciso...hum...assinar papelada para vender o apartamento...hum... e a quem vamos vender? ... quem vai comprar? Fica um deles com a casa? Hum...não , não há dinheiro... ainda bem que não são casados porque senão ainda tinham que assinar mais UM papel, e isso dá uma trabalheira e muita chatice...

Cenário 2:
Vivem felizes para sempre até ao dia em que um falece, pois a vida tem destas coisas.... E, por lei, nem namorado(a) nem companheiro(a) é herdeiro...ah pois é...pelo que aparece lá a bater a porta a familia do morto... e dizem que têm direito a metade do apartamento, que os dois construiram em conjunto e onde investiram muito dinheiro... e agora? Ah e tal agora... paga...paga à familia do morto porque namorada(o) ou campanheira(o) não é herdeira porque não se quiseram chatear em assinar UM papel...agora vai para tribunal para tentar não dar nada à familia do morto... e vão-se assinar MUITOS papeis. Mais...se quem sobrevive tiver um trabalhinho de nada, não tem direito à reforma do morto porque... não estão casados e a união de facto tem que ser provada e só receberá apoio se atestar não ter outros rendimentos...

Anedota

Um alentejano queria livrar-se do seu gato.  Levou-o até a uma esquina
distante e voltou para a casa.
Quando chegou a casa, o gato já lá estava.
Levou-o novamente, agora para mais longe.  No regresso, encontrou o gato
calmamente em casa.
Fez isso mais umas três vezes, cada vez até mais longe e o gato voltava
sempre para casa.
Furioso, pensou :
- "Vou lixar este gato !"
Pôs-lhe uma venda nos olhos, amarrou-o, meteu-o num saco opaco e colocou-o
na mala do carro.
Subiu à serra mais distante, entrou e saiu de diversas estradinhas.
Deu mil voltas... e acabou por soltar o gato no meio do mato.
Passadas umas horas, o alentejano liga para casa pelo telemóvel.
- Tá, Maria, a porra do gato já chegou a casa ?
- Já...
- Ainda bem, deixa-me falar com esse cabrão porque eu estou perdido !

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Falam falam falam mas eu não os vejo a fazer nada

É muito bonito falar mas na hora do vamos ver... nada!!! olhem senhores e senhoras, de treta está o mundo cheio...
Antes calada e passar por antipática do que sempre tagarela a falar da vida alheia, ou a mentir sobre a própria...

Prontinho

Já comprei quase, quase, quase todas as prendas de Natal. Falta só uma, a mais importante. A do meu gato.

Esta está muito boa

Queixavam-se os ingleses que nenhum dicionário explica cabalmente a diferença entre as palavras «complete» e «finished». Lançaram a questão ao público numa competição linguística em Londres e um concorrente da República Cooperativa da Guiana, ex-Guiana inglesa, venceu todos os outros com esta resposta:

«When you marry the right woman, you are COMPLETE.
When you marry the wrong woman, you are FINISHED. When the right one catches you with the wrong one, you are COMPLETELY FINISHED.»

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

E depois como é?

Ontem fui á farmácia levantar uma receita de ácido fólico.
Estranhei a embalagem e a quantidade de comprimidos. Perguntei ao farmaceutico se tinha a certeza que era o que estava na receita... Sim!...ah, espere...não, não é isto...ao que eu fiquei tipo "what???".
Quer-se dizer... uma pessoa não repara, chega a casa e toma aquela merda e depois? Como é? Imaginemos que eu estava grávida... ia tomar remédio sabe-se lá para quê? e depois? a criança como era?
Oh pá toda a gente se engana e tal mas e depois?
Eu e a minha mania de controlar tudo...ainda bem que assim sou senão quem se phodia era eu!!!

Sentimentalismos

Isto há cada coisa.
Quer-se dizer uma pessoa é cobra venenosa a vida toda, inferniza todos que a rodeia, muitos afastam-se e raramente aparecem...já nem no Natal a querem ver... ela envelhece sozinha e quando acama só um filho a quer receber em casa dele e depois...plim...milagre... a pessoa morre e passa a ser uma santa. SANTA! E não, não é por ter deixado herança...
Nos fieis anda tudo preocupado em saber quem vai enfeitar a campa, vão para a beira dela chorar enquanto a missa decorre... poupem-se estas merdas... eu não esqueço e eu não perdoo! Não é por ela ter morrido que eu ganho amnésia!!!

Eu já disse: quando ela era viva ninguém queria saber, agora ides todas as semanas ao cemintério. Não tinha sido melhor se lhe tivessem feito companhia quando era viva???
Olha eu nem de viva nem de morta.



terça-feira, 27 de novembro de 2012

Compra-se

Paciência.
Pode ser em comprimidos, injecção, creme, supositórios, vale tudo, tem é que ser às paletes!!! Resmas de paciência que eu ainda parto a cara a alguém não tarda muito.
Se alguém souber onde a posso comprar por favor avisar...é assunto de vida ou morte...dos outros claro...

Inspira... expira...

Isto é gajas com sorte

Idosa americana, de 91 anos, ganha a lotaria duas vezes em 3 meses.
Prémios totais de 399.999 USD. (+/-300.000 EUR)

Só posso dizer uma coisa: Vá ter sorte ao c@ralho!!! Agora não lhe vão faltar novos e velhos a engraixar... vão ser filhos, netos, vizinhos, admiradores...tudo à volta da velhinha... se calhar até aqui ninguém lhe ligava nenhuma...

Mais aqui: http://visao.sapo.pt/idosa-americana-ganha-lotaria-duas-vezes-em-tres-meses=f695330

Eu não, os outros!

Ontem fui ao psiquiatra relatar o efeito do desmame total e contar como me sinto assim, sem a droga.
O médico chegou à conclusão que eu estou optima. Sim, OS OUTROS à minha volta é que me querem colocar maluca, mas não vão conseguir...espero eu...

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Violência Doméstica… só acontece aos outros?

Como sou um bocadinho distraída só hoje é que fiquei a saber que ontem foi o dia internacional contra a violência doméstica.

Por regra achamos que só acontece aos outros. É algo que sabemos que existe mas nunca ninguém assume. Como me escondo atrás de um ecrã é fácil dizer: Já fui vítima de violência doméstica. Sim. No namoro é tudo beijos e abraços, depois de casar começam as discussões e num momento mais exaltado a mão dele bate contra o meu maxilar, segura-me pela garganta e empurra-me para trás sempre a segurar-me. Obviamente resisto e com o que tenho mais à mão…as minhas unhas… e consigo arranhar-lhe a face…todinha. Depois é claro que lhe phodi  a casa toda, foi tudo pelo ar e saí disparada para a urgência do hospital para me fazerem um exame pois fazia intenções de apresentar queixa na policia. Fazia e fiz! Não tinha nada partido e visivelmente ele ficou mais marcado que eu, se bem que andei umas semanas com dores no maxilar e ainda hoje em alturas que não sei precisar, ele dá sinal de vida, como que a lembrar-me da tristeza que já foi a minha vida. Apresentei queixa na esquadra, ao que me avisaram de imediato que teria que fazer exame de corpo delito no Porto no dia seguinte. Concordei… não tinha nada a esconder.

Umas semanas mais tarde o sr. meu pai convenceu-me a retirar a queixa (tinha lá amigos no tribunal, caso contrário penso que não daria pois é um crime semi-público ) e fiz-lhe a vontade, até porque  não queria a minha vida privada espelhada publicamente.

Também não vou mentir e dizer que me divorciei logo a seguir. Não , não o fiz… tentamos continuar como se nada tivesse acontecido. Verdade seja dita que não voltou a repetir a proeza… no entanto, as incompatibilidades eram tantas que era impossível continuar juntos.

Por isso quando de vez em quando ouço uns velhos comentarem que  ah e tal esta juventude de agora casa e descasa de um dia para o outro, antigamente o casamento era para toda a vida e não sei o quê…ao que eu respondo sempre que sim, que ainda bem que assim é, que hoje em dia as mulheres não dependem de homem para nada e não precisam de se sujeitar a atura certo tipo de coisas!

Amor com amor se paga

Depois de passar a noite com a amante, um homem fica com um arranhão na
cara. Não sabia como se justificar se a mulher lhe perguntasse como ele
ficou naquele estado.
Ao ver o gato esparramado no sofá, ele tem a brilhante idéia de dar um
valente pontapé no bichano, que solta um desesperado Miauuuuu!!!
A mulher acorda assustada e pergunta:
- Que barulho foi este?
- Foi o estúpido do gato! - responde o marido, fazendo uma cena...
- Entrei em casa e ele atirou-se a mim, arranhando-me!
- É verdade! - concorda a mulher - este gato está impossível! Olha só o
chupão que ele me deu no pescoço.

sábado, 24 de novembro de 2012

É mentira

Essa máxima que o dinheiro não traz felicidade, para mim, é um absurdo! Traz felicidade sim senhora.

Afasta preocupações desnecessárias e brigas entre o casal. Até em termos de acesso à saúde faz falta!
Quem é infeliz por poder ir de férias para o estrangeiro 2 a 3 vezes por ano? Por poder abastecer a viatura sem se preocupar se o preço do combustível subiu? Por poder ter os filhos em escolas privadas? Quem é infeliz por ir jantar fora todos os fins-de-semana? Por poder entrar numa loja e não ter que se preocupar com o preço?
Sim dinheiro é importante, muito importante!
Sim dinheiro traz felicidade!

E se há alguém ai com dinheiro e infeliz por o ter, pois faça o favor de mo enviar por cheque ou transferência bancária que eu aceito de bom grado.

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Não se pode dar confiança aos homens

Ontem à noite fiz para o jantar peixe-gato, mas ao contrário do costume não fritei.
Resolvi inventar. Deitei cebola, alho e tomate no fundo do tacho e passado uns minutos acrescentei uma cerveja e deixei os filetes e camarões cozerem nesse molho, deixei apurar e depois decidi ralar o molho para ficar espesso e ser entornado sobre o arroz branco. Devo dizer que estava uma delicia.
Sua Exa. o meu namorado quando viu o que estava  a fazer resolveu dizer que já tinha comido peixe ao almoço e que não jantava... comia uma sande de qualquer coisa porque não matou ninguém para andar a comer comida saudavel.
Ora eu só disse: "Meu amor, não queres comer não comes, o que sobrar eu como amanhã e tu voltas a comer sandes e salsichas!"
E assim, hoje é sexta e o ritual lá em casa de festejo de fim-de-semana é um assadinho, entradas, vinho, lareira e namoro... Mas como não comeu peixinho saúdavel não há nada para ninguém. Não se pode dar confiança.

Nem todos são cromos

Como  hoje estou bem disposta  falo mais um bocado com os clientes...eles estranham eu sei...mas damosd duas de treta... distraida com o paleio paguei à cliente 2 vezes...uma no inicio outra no fim da conversa...ao que ela me diz " a menina já me pagou".

Sim. ainda há gente séria!
Muito obrigada minha Sra.

Aldabrices à portuguesa

A Deco deu hoje o alerta: O gasóleo é todo igual, mesmo aqueles que são considerados 'premium'. O caso já foi denunciado às autoridades.

"Não há razão para o consumidor não comprar o gasóleo mais barato", afirmou em conferência de imprensa o secretário-geral da associação de defesa do consumidor Deco, Jorge Morgado, explicando que os testes realizados a quatro gasóleos diferentes comprovaram não existirem diferenças em termos de consumo, de emissões e de desgaste dos automóveis."
(...)
"A diferença de preço entre o gasóleo Gforce e Hi-Energy, ambos da Galp, resulta de uma ação enganosa e estamos perante uma prática comercial desleal", lê-se no estudo da Deco, que alerta para o facto de "as promessas de menor consumo, menores emissões poluentes e maior proteção do motor com poupanças futuras não passam de 'marketing' para cobrar mais uma dezena de cêntimos ao litro".
(...)

Mais em http://economico.sapo.pt/noticias/gasoleo-de-marca-branca-ou-premium-e-todo-igual_156955.html

Payday

Hoje não há mau feitio para ninguém...é dia de receber e a DOBRAR...devia ser todos os meses assim...mas pronto já não é mau de todo.
Como menina sensata que sou...cof cof.. uma grande parte vai para a poupança...quem sabe não terei um enxoval para fazer nos próximos tempos.. :)) Só digo uma coisa...depois da tal conversa, o meu namorado anda muito feliz...até já me ligaram do trabalho dele a perguntar o que é que se está a passar porque ele anda bem disposto, passa poucos raspanetes e anda sempre com sorriso nos lábios... o que não é normal... os subordinados até estranham hahaha :)) Mas eu não conto nada... nadinha.

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Colecção de cromos

- Bom dia, queria encerrar esta conta…

- Bom dia. Para fazer isso é preciso que todos os titulares assinem, estão aqui todos?

- Não, o outro titular faleceu há uns anos…não pode o padre assinar por ele?

(…)

Ainda fiquei á espera que aparecesse uma câmara de filmar, escondida algures…mas não, não era para os apanhados…

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Politicamente incorrecta # 5

Ai a tal são bipolares/esquizofrénicos/tolinhos da cabeça não têm culpa.
Pois não, nem quem os atura tem culpa. E paciência tem limites. Cansei!
Cansei de pôr a mão por baixo, levar ao colo e de proteger.
Não tem culpa eu também não. Custa assim tanto tomar a merda de 1 ou 2 comprimidos por dia…phoda-se é como tomar a pílula, custa alguma coisa? Já tem idade para ter juízo e não estou para aturar os filhos dos outros. Mas digo, filho meu que me levante a mão, mais ainda aos 30 anos de idade, eu pego nele pelos cabelos e parto-lhe a cara à chapada, quero lá saber se é bipolar se é o caralho. Eles abusam, escondem-se atrás da doença e abusam.

Ai e tal são doentes… lugar de tolo é no hospício. Quando partem para a violência deviam ir é para a cadeia… É tipo o Seabra…o gajo não matou? Agora tem que pagar pelo que fez…ai estava doente…estava doente o caralho, eles sabem muito bem o que estão a fazer. A mim também me apetece espancar muita gente e não o faço. Porquê, porque sei que se o fizer perco a casa, o carro, o emprego, perco tudo…agora eles como não têm nada a perder porque não conseguem nada na vida, fazem e já está. Consolam-se escondendo-se atrás da doença.

Cansei. Por mim já estava internada. São um perigo para a sociedade e têm que ser afastados…não há cá falinhas mansas… por isso é que o psiquiatra da família (sim porque há o médico de família mas nós lá em casa temos o psiquiatra de família) escreveu uma carta, que está bem guardada, para se mandar internar a qualquer altura, mal surjam as crises. Ai e tal também não és bem fina da cabeça…pois não, como posso ser?? Com 3 gerações de bipolares na família como é que posso ser bem fina?!... tola fico de a aturar!

Distância, quero distância porque eu já tenho os meus problemas para resolver.
Cansei!
Eles não são tolos, eles metem os outros tolos. Agora tenho que estar aqui a atender ao público, numa pilha de nervos, sujeita a mandar algum pró caralho e a perder o meu emprego por causa de quem não quer tomar a merda de 2 comprimidos por dia…

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Isto de lidar com bipolares é uma frustação.

A clientela

Isto há vários tipos de clientes...

* Há aqueles que são riquissimos, raramente vêm ao balcão, claro, mas quando cá põem os pés comportam-se como pessoas "normais".

* Depois há aqueles que têm dinheiro e gostam de se gabar disso, pedem o saldo em alto som e querem que o funcionário grite o valor para os outros ouvirem bem. Este tipo de cliente também gosta de espezinhar o funcionário, simplesmente porque pode!

* Há ainda os normais..."bom dia, boa tarde...tá chover...tá frio...até amanhã".

* Há uma espécie cada vez mais abundante que é a que mais detesto... são aqueles que não têm literalmente onde cair mortos, estão enterrados em dividas, cartões estoirados e contas a descoberto e ainda têm  a lata de vir ao balcão armar confusão, reclamar que não lhe dão cheques, pedir livro de reclamações e cuja vontade é mandá-los para a p*ta que os há-de vir a parir.

* Há também os artistas, os charlatões, mentirosos e cuja atenção não podemos descuidar. Mil olhos não bastam para atender este povo... primeiro estão muito bem apresentaveis e são só sorrisos, vêm com pastas ou malas com muitos papeis no interior, como se fossem pessoas importantes. Normalmente são de uma zona distante do país, pelo que nos perguntamos logo porque raio estão a abrir conta aqui a tantos kms de distância... Têm uma lábia e simpatia que termina quando não lhes emitimos cartões, cheques nem aprovamos empréstimos...

* Há ainda os problemáticos... Se algo que pode acontecer...acontece-lhes sempre a eles. São os "tudo em um". Com eles os cartões nunca funcionam, as correspondência nunca lhes chega a casa, esquecem-se dos códigos, perdem os cheques, o atm retem-lhes as notas no levantamento porque estão na conversa com a vizinha, roubam-lhes a carteira...quando os vemos a chegar já sabemos que vamos estar 1 hora a tratar de assuntos de merda, simplesmente porque são dispassarados.

* Há também aves raras que nos dizem "faça como se fosse para si", confiam inteiramente no que dizemos e este tipo de cliente é sempre recebido calorosamente ao balcão. Por oposição há aquele que desconfia de tudo...se o sistema está mais lento e demoramos mais 30 segundos a fazer a operação, já pergunta se há algum problema... não quer dizer quanto traz para depósito, pendura-se no balcão para espreitar o ecrã...dá vontade de lhe dar 2 chapadões de todo e tamanho e dizer guarde a merda do dinheiro debaixo do colhão e não me phoda a cabeça que eu não preciso dele para nada.

* Há os que vêm ao balcão levantar 10 eur todos os dias... só à chapada!!!

Detesto

Esparguete

Boazona

Eu sou boa. Mas boa mesmo!!!
Muita gente queria ser como eu mas isto não é para todos, é só para quem pode.
Como não há bela sem senão, eu tenho um pequenino defeito, piiiqueno mesmo, é o meu mau feito no atendimento. Oh pá não tenho culpa, não podemos ser perfeitos e eu não tenho paciência para aturar povo, mas de resto eu sou boa, mesmo boa!!
Então ontem estive a susbstituir uma colega que está de férias...Estive no backoffice longe dos clientes... resultado? o que ela faz numa manhã, ou seja em 3 horas, eu fiz em 1.5 hora...sim em metade do tempo e perfeitinho...depois ainda despachei outro serviço e no fim do dia podemos ir todos embora cedo.
Eu sou uma máquina!!!

Pronto...tenho mau feitio... mas sou uma máquina!!!

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Ca medo

Eu acho que já disse isto mas vou repetir porque se aplica na perfeição ao dia de hoje:

Há gente que foge do trabalho mais depressa que o diabo foge da cruz!

Colecção de cromos

- Bom dia é para depositar sff e depois queria saber o saldo.

- Bom dia, de momento estamos sem sistema e só consigo fazer depósitos.

- Mas não consegue ver quanto fica?

- Não. Só consigo fazer depósitos.

- E não dá para ver quanto tinha antes?

- Não. Só consigo fazer depósitos

- E não dá para tirar um extracto?

- Eu vou repetir: Só con-si-go fa-zer de-pó-si-tos…

domingo, 18 de novembro de 2012

Não há estrelas no céu

Então e agora como vou eu, depois do desmame, sem antidepressivos que me façam ver flores no céu de dia e de noite? Vou bem, obrigada.

Quem não passa bem é quem tem que aturar o meu mau feitio!!!

sábado, 17 de novembro de 2012

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Cinquenta sombras livre

Vou já a correr aos correios levantar a encomenda do último livro da trilogia mais vendida do mundo...
Acho que vou passar o fim-de-semana na caminha a ler...com este mau tempo que se aproxima...é capaz de ser a melhor opção...isso e dormir claro... eu e o meu gato...

Viboras


E depois há aquelas que são tão boas pessoas, só sorrisos, amabilidades e interesse pela tua vida. Até chegas a pensar que as podes considerar amigas e de confiança... a andas anos nisto até ao dia em que descobres que são umas cobras venenosas, que só dizem mal de ti e que espalham a tua vida por todo o lado.
Se há coisa que não suporto é gente falsa...e depois acabam-se os meus sorrisos e ouvem o que não querem...temos pena mas eu sou assim.

Por aqui é assim

Aos meus amigos tudo, aos meus inimigos nada e aos outros cumpram-se as regras...

(no comment)

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

O despertar

Já referi aqui que nunca quis filhos até há uns meses atrás... que passou a ser o meu projecto de vida, desistindo de lutar por uma carreira que, aos 35 anos, nunca mais chega, mais ainda a trabalhar com imbecis num mundo onde só a cunha e o compadrio domina. Como não sou de lamber cús... não vou a lado nenhum... Paciência.

Por vezes questiono-me porque mudei de ideias...porque anseio por um filho, e sei precisar quando o 1º clic se deu, muito a medo e me fez refletir na vida... foi quando o meu "sogro" faleceu...assim de repente...
Jantaram todos juntos e de madrugada recebemos um telefonema esquesito  "ah e tal o teu pai está-se a sentir mal, vem cá mas conduz devagar" , quando chegamos lá a casa o INEM já tinha declarado o óbito...ataque cardiaco fulminante, num senhor na casa dos 70 anos e com análises e exames recentes tudo ok.

Felizmente tenho os meus pais vivos...nem equaciono outra hipótese. Não consigo imaginar a minha vida sem eles...para mim serão eternos. Mas perante aquela perda súbita imaginei como seria se fosse um deles... e a sentimento que tocou foi solidão e vazio... sim seria perder uma parte de mim...eu sou a continuação deles e eles são a minha existência...Mas ninguém dura para sempre, infelizmente. E na altura pensei...Que será de mim quando os meus pais falecerem? Nada...zero... O que eu sou, e devo a eles, perde-se quando eu também falecer... A quem vou transmitir os valores que recebi desde miúda e que parecem cada vez mais raros? Sim tenho irmãs e sobrinhos...mas quando os Natais chegarem serei a tia implástro que observa a felicidade dos outros?

E foi assim que tudo começou!
Vamos ver como acaba...

Colecção de cromos

- Bom dia. Eu recebi uma carta em casa e queria saber para que era.

Eu penso: phoda-se não sabes ler??’

Eu digo: Tem a carta consigo?

- AH não. Deixei em casa.


Eu penso: olha filho se eu tivesse o dom da adivinhação não estava aqui!!

Eu digo: Mas lembra-se do assunto?

- Não.

Eu digo: Pois assim não o posso ajudar…

Chicos espertos

Para a atribuição de certas prestações sociais o estado pede aos contribuintes para declararem, entre outras coisas, o valor que tinham em saldos bancários à data de 31 de Dezembro.

Ora há povo que levanta o dinheiro a 30 Dezembro e volta a depositá-lo a 02 de Janeiro.

(:..)

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Cuidado com o que se diz às crianças

O Menino corre em direcção à mãe e diz:
- Mãe, és uma mentirosa!
- Mas por que dizes isso meu filho?
- Disseste que o meu irmãozinho era um anjo!! Eu atirei-o pela janela e ele não voou...

Informação a clientes

Estimados clientes.
Informamos que, temporáriamente, não dispomos de moedas de 1€. (Não temos uma máquina de fazer moedas lá em baixo e os funcionários, ainda, não conseguem cagar moedas mas estamos a tentar melhorar estes dois pontos)
Aproveitamos a oportunidade para lembrar que 2 moedas de 50 cêntimos perfazem 1€, pelo que podem baixar os cartazes e acabar com a manifestação à porta do balcão.
Obrigada.

Nota: Se continuarem a barafustar por merdas destas, prometemos subir a comissão de manutenção da conta para tal nível que só mesmo quando conseguirem cagar notas é que a conseguirão pagar.

Que noite

Ontem comecei por fazer a sopa…
Ia estufar lulinhas com camarão… já salivava só de imaginar… comecei a fazer o estrugido (refogado no sul) vou ao congelador… e só tinha lulas para uma pessoa…estrugido para o lixo. Retirei então do congelador o que eu pensava ser lombelo recheado com castanhas e alheia, já assado. Coloquei no microondas a descongelar e comecei a fazer um arrozinho branco…que acabou salgado e foi directamente para o lixo. Ouço o plim do microondas e vou toda lançada ver a carne….que afinal não estava cozinhada…merda… ligo o forno … preparo o assado e coloco na grelha mais acima para cozinhar mais depressa…passado uns minutos espreito…carne queimada…lixo.
Acabei por fazer outro arroz branco e umas omoletes.
Ah a sopa saiu bem…quer-se dizer estava insossa mas isso não é problema. Até é mais saudável.

(MAÇARICA)

Fará se não tivesse

- Então como está o seu filho? Gosta da escola? Blá blá blá

- Está bem obrigada. Sim a escola está a correr muito bem. Está no 5º ano e tem positiva a tudo. Na 3ª e 4ª classe esteve para reprovar mas agora está com explicações a tudo e não tem negativas.

(…)

Eu começo a achar que eu era um génio de pequena… Nunca estive para reprovar, sempre tive positivas e explicações era uma miragem…

Primeiras noções de justiça

Se há coisa que mexe comigo é a injustiça.
E já desde miúda que tenho noções de justiça e igualdade bem definidas.
Andava eu na escola primária e a professora marcou trabalhos de casa para as férias grandes. Ora eu devia estar a aproveitar o descanso para brincar e não para me estar a debater com problemas de matemática. Vai daí e como tpc nas férias grandes é negar o direito ao descanso e à brincadeira, eu decidi que não ia perder o meu precioso tempo com aquilo.
Uns dias antes da escola começar a minha mãe perguntou-me se tinha feito os deveres. Eu não me lembro o que respondi mas sei que ela foi ver os livros. No espaço destinado à resolução dos problemas eu escrevi "Faça você".
Nem mais. Se eu não aproveito as férias enquanto sou criança quando vou aproveitar?!

Se calhar devia ter seguido direito... agora era juiza concerteza!

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Dramas

Isto há povo qua adora um bom drama...
Tudo é um drama... uma queda de tensão...é um drama para durar horas.
Haja paciência.
A mim parece-me falta de peso, mas prontus...

Eu já desmaiei ás 7.30 h e ás 8.30h estava a trabalhar como se nada fosse. Também já vim trabalhar uma semana algaliada... já vim trabalhar com infecções urinárias... e não me queixei...isto há povo que exagera...devem ser feitas de merda, como dizia a minha avó... ou então sou eu que tenho a mania que sou rija...

Apreciar o simples da vida

Comprei um carro novo, desportivo lindo, assim como eu, pró stile, vermelho. Uns meses mais tarde o relógio biológico desperta e eu quero um filho. Então pergunto-me: Num carro de 2 portas, vai ser fácil o mete bebé no carro, tira bebé do carro… entra, sai, abre porta, puxa banco…meto a cadeira no banco da frente, no banco de trás (?)… até suo só de imaginar…

Faço um drama e depois penso: a minha mãe criou 3 filhas sem qualquer viatura, por isso sou uma sortuda por ter uma de 2 portas, bem bom… melhor que nada.

Esta gente de agora tem a mania de querer tudo, se calhar é por isso que antigamente se era mais feliz…não havia telemóveis onde gastar dinheiro, o preço dos combustíveis não era preocupante porque o povo andava a pé, não havia tv cabo para pagar, nem internet, muito menos portáteis para mandar reparar. Não havia mensalidade do ginásio, nem outlets para nos tentar a comprar roupa de marca que não precisamos, a bicicleta do irmão mais velho passava para o mais novo acrescentando-se as rodinhas de lado… os pais tinham tempo para estar com filhos, estes não iam para a música, para o karaté, depois para o futebol e a seguir para a natação. As crianças não calçavam Geox…

O povo era trabalhador, honesto e humilde. Pagava a renda sempre certinha e tinha vergonha na cara. A palavra valia tudo.

Se calhar estamos mal habituados e queremos sempre mais sem dar conta que o simples é sempre melhor. Sim, é preferível não ter equipamento topo de gama, nem frequentar o melhor ginásio da cidade para provocar vizinhos,  mas chegarmos a casa e abraçarmos quem nos ama em paz e sossego, sorrir e ter tempo para os ouvir e olhar nos olhos.

Mea culpa

Perdõe-me Senhor porque pequei.
Ontem comi uma francesinha...

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Que fique registado

Segunda-feira, 12 de Novembro de 2012, 20h 35m, o meu namorado janta no mesmo restaurante que Cristiano Ronaldo - Solar dos presuntos em Lisboa.

Quem quiser lá ir pedir um autografo...ao CR7 claro, ao namorado não deixo!

Eu

Eu cliente

Entro num banco privado.
Fila. Estão 2 funcionários no atendimento. Está a ser atendido um velho que ouve mal e é preciso gritar para conseguir escutar, não percebe nada do que lhe dizem e está ali no ram ram…nem phode nem sai de cima… oh amigo vá mas é para a caminha…com este frio estava lá tão bem. Estou cheia de pressa, isto nunca mais avança… Anda outro funcionário para a frente e para a trás, com uns papeis na mão… porque não está a atender??? Prontus…agora um dos caixas levanta-se…olha…vai sair…que atrevimento… vai almoçar e fica só um a atender…que falta de consideração, acho que vou levar o meu dinheiro todo embora e não volto cá mais…ai espera…eu aqui só tenho empréstimos… chatice… que seca, e eu que só queria fazer um depósito, é tão rápido… Mas que revolta, vai comer e uma pessoa que espere…até parece que não lhes pago…quer-se dizer…pagar pagar não pago…mas… é como se fosse …que seca…

Longos minutos depois sou atendida, era só um depósito mas já que estou aqui vou aproveitar para actualizar a minha morada, pedir senha para a internet e um cartão de crédito também… bem isto afinal demorou bem mais que o previsto…e ao sair reparo que estão clientes na fila a bufar…olha aguentem, esperem que eu também esperei!


Eu funcionário

Quem está a seguir… ora phoda-se tinha que me calhar este velho a mim… vou estar aqui meia hora com este… (…) vejo pelo canto do olho pessoas a bufar… adianta-lhes de muito, que é que eu vou fazer? Não posso mandar o velho embora...vontade não me falta! Ainda por cima já está quase na minha hora de almoço… despacho o velho e vou comer, estou cheia de fome e por acaso até é um direito meu, sim, tenho o direito de almoçar…tem muita gente para atender…olha paciência que viessem mais cedo ou que depositem na máquina lá fora… Só de olhar para a cara deles fico com fastio…vêm todos os dias ao banco e ainda assim perguntam onde têm que assinar... daí-me paciência... e gente jovem não usa a máquina porquê? está lá fora para isso...para não espererem…não me sai o euromilhões…

Anedota

UMA JORNALISTA foi entrevistar uma senhora idosa, que afinal era muito surda.
 
E começou:
- A senhora tem televisão?
- Se tenho tesão? Já tive, minha filha... Ohhh, se já tive!!!!
Engasgada, a jornalista tenta emendar e pergunta:
- Tem telefonia?
- Ah!!! Se phodia!!!phodia muito, minha filha!...
Ainda amarela e enrascada, ela perguntou-lhe se pagava taxa.
 
Eis a resposta:
- Pois claro que era na paxaxa... No meu tempo não tínhamos cá essas modernices de levar no cu...

sábado, 10 de novembro de 2012

Alguém tem que fazer algo pela nossa economia

Não. Eu não como bifes todos os dias. Mas enquanto posso, vou fazendo alguns desvaneios...como estes.

Hoje fui ao shopping e comprei algumas prendinhas de Natal. Nada de especial, só umas lembranças... Para o meu sobrinho umas sapatilhas Geox, que nunca são demais, e para  a minha sogra comprei um colar na Casa Batalha, é tão bonito que me apetece ficar com ele.

Para mim comprei 2 vestiditos da Mango, uns sapatos Hispanitas (fiquei fã) e umas calças desportivas na sportzone. Ah e encomendei um casaco Ferraché vermelho cereja liiinnnddooooo.




Se eu podia viver sem isto? Poder até podia... mas não era a mesma coisa.

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Loch Ness monster

- Eu não sou o monstro que me pintas nem tão bonzinho quanto muitos crêem. Eu estou contigo para tudo. Se queres ter um filho temos, se não queres não temos. Não tenho o direito de impedir que sejas mãe. Podes contar comigo para o que decidires. Mas há uma condição…quem escolhe o nome da criança sou eu!

Colecção de cromos

Um casal na casa dos 40 anos vem ao balcão.

Diz ele: então eu esqueci-me que a prestação saía dia 5 e a conta ficou negativa, havendo dinheiro na outra conta que eu tenho. Vou pagar despesas de conta a descoberto sem necessidade nenhuma. Não sabiam telefonar a avisar e eu vinha transferir???

Eu penso: olha esqueceste-te o problema é teu...agora pagas e não bufas!!!
Eu digo: Esse assunto tem que ser tratado com o gerente...

Diz ela: eu no outro dia tinha no meu telemóvel uma chamada não atendida daqui...o que me queriam???

Eu digo: Se calhar era para avisar que a conta estava negativa...

DDDDDDDDDAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHH

Miss simpatia

Ontem á noite
- Amanhã vamos fazer um concurso miss simpatia lá no balcão…e (interrompe-me)
- Já sabes que vais ficar em último não sabes?
- A minha estagiária também disse isso…

Hoje às 8.38 h
Recebo uma mensagem: “Então já foste eliminada do concurso?”


Hoje às 10.30h
Mais uma mensagem:
"fenómeno raro em XXX, só comparavel à passagem do cometa Haley. Alteração do comportamento humano completamente imprevisivel. Esperam-se peregrinações maciças para XXX (local yy). A policia de intervenção já está preparada para possiveis tumultos entre os peregrinos.
As autoridades solicitam que a informação seja divulgada a TODOS os Potugueses, Europeus, Asiáticos, Africanos, Americanos, Esquimós e que seja enviada mensagens para o espaço (para o caso de alguns Alien's nos estarem a observar)"

FC Porto é a única equipa da Europa invencível

Mais aqui:

http://desporto.sapo.pt/futebol/liga_dos_campeoes/artigo/2012/11/08/fc_porto_a_nica_equipa_da_eur.html


Somos bons carago!

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Os bigodes que elas gostam

 
 
 

Novembro é o mês do bigode. Este é o único tipo que aprecio.

Se não os podes vencer junta-te a eles!

Inspira,
Expira,
Ai Senhor daí-me paciência...
Acabei de descobrir que se anda aqui a fazer uma grande cagada...quer-se dizer...ELES andam a fazer...porque eu não uso esses ficheiros, uso os meus porque já sei o que a casa gasta.
A estagiária  pediu-me para assinar umas folhas e como não assino nada sem verificar, reparei que os documentos não estão correctos... Perguntei-lhe porque fez aquilo ao que ela responde, e com razão, que foi assim que lhe ensinaram. Obviamente que não assinei.

Agora é assim: se chamo a atenção que não se faz assim... o povo do balcão vira-se contra mim e acabam por me mandar retificar a situação e é mais trabalho que eu tenho, para além de voltar a ser apontada como a gaja que tem a mania que sabe tudo; se eu não fizer nada e a auditoria descobre vai ser um trinta e um...

Tendo em conta que aqui eu sou sempre a má da fita porque tenho a p*ta da mania que sei tudo, e eles na teoria são uns santos e bons profissionais, mas na prática fazem muita merda ( por desleixo e acomodação), e como não estou para me chatear...vai ser assim:

EU não vi nada, EU não sei de nada, EU não quero saber! Uso os meus ficheiros e o MEU trabalho está salvaguardado.
Estou cansada destas cenas...
Tou nem ai, tou nem ai...
(...)
Mas que revolta revolta!!!

Como fazer dieta

Todos os dias preparo o meu lanche para levar para o trabalho embrulhando o pão num guardanapo e colocando-o dentro da minha carteira, que está sempre no escritório, e vou-me preparar…escovar os dentes, maquiar, essas coisas…

De vez em quando tenho surpresas destas:

- Ai  o que estás a fazer?! Ela vai-te bater…Sai daí…

Que estais a fazer os dois? Não é boa coisa…
Vou em direcção à voz…entro no escritório…o gato foi à minha carteira e retirou o lanche, desfez o guardanapo e está a lambuzar-se no fiambre… não toca no paio…só come o fiambre… está todo satisfeito e diz o meu namorado: tadinho do bichinho, não lhe ralhes… Pronto…eu olho para aqueles olhos azuis e não consigo resmungar…

E assim se faz dieta…mesmo sem querer.

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Isto é notícia porque???

Segundo o Diário Económico, e tendo em conta a divida pública actual, cada português deve 20 mil euros.

O meu sobrinho de 5 anos também está incluído, porque afinal o rapaz é português, ora isso é que está mal, um chavalo tão novo e já por maus caminhos…como será quando chegar à minha idade?

Médias…é o que dá!!! Para este tipo de notícias mais vale estar quieto.

Também somos 10 milhões desde que me conheço… neste país não morre nem nasce ninguém… que estranho…

A p*ta da idade

Aqui há umas semanas alguém neste blog (eu) dizia que “ah e tal até calha bem porque bate na altura do meu período fértil”, referindo-se a umas futuras férias em Fevereiro de 2013.
Ora, alguém deve ter pensado mas não escreveu…tá tolinha a moça!

Então é assim, essa pessoa (eu) deve achar que tem 20 anos. Ignorante (tola) pensa que o seu ciclo menstrual vai ser como era antes de tomar a pílula, há 15 anos atrás… sempre certinho… oh sinceramente, chega-se a uma idade e depois é isto (burrice pá, não se mentaliza que já não é teenager).

Vai-se a ver e andou a contar pelo calendário… vai-se a ver e, neste momento, tem um atraso de 6 dias, pelo que se pode dizer…que se phodam as contas, tabelas e dias férteis porque o sistema reprodutor está marado. A probabilidade de estar grávida é muito reduzida atendendo a que ainda anda a evitar porque só quer engravidar para o ano (sim, ela pensa que vai engravidar mesmo mesmo quando quiser). Também sabe que quem anda à chuva molha-se…mas as contas não batem certo por isso, nesta cabeça marada vai uma grande confusão…

sábado, 3 de novembro de 2012

Nunca

Não devemos permitir que nos cortem as asas impedindo-nos de voar.
Vamos passar o resto da vida a atira-lhes isso à cara.
E se mais tarde a relação terminar o sentimento de revolta será ainda maior.

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Planear o Natal

Apesar de viver nesta casa há quase 5 anos ainda não tinha comprado nenhuma árvore de Natal. Eramos só 2 gatos pingados e por isso não me cativava. Contentava-me com o presépio. Este ano vai ser diferente. O natal vai ser cá em casa. Vou juntar a minha familia e a dele, como fiz no ano passado na passagem de ano. Atendendo à quantidade de álcool que circulará naquela noite, o plano é ficar lá tudo a dormir. Uns nos quartos e outros na sala.
Fomos esta semana à Loja do Gato Preto comprar a dita árvore. Como eu gosto de tudo em grande... optamos por uma de 2.10 m de estilo tradicional e verde...não gosto de inventar, árvore de Natal é verde e pronto!!! Custou 79.99 € e não achei nada cara. Atendendo ao tamanho da embalagem cheguei à conclusão que é melhor acelerar o projecto do armário e prateleiras para a garagem.

Ainda falta a decoração da árvore, e estou a pensar em bolas vermelhas, anjos prateados e talvez flocos de neve. Nada de fitas!
Estou para ver o gato a trepar pela árvore acima e a estragar tudo, mas pronto..."coitadinho do bichinho" como diz o outro, também tem que se divertir com alguma coisa. Vai ser uma animação naquela casa a partir do dia 01 de Dezembro!

Detesto

Esperar.
Também não gosto que esperem por mim.

Planos para o futuro

Na eventualidade de eu engravidar já decidi:

Que mobilia quero para o quarto da criança;
Qual o nome do miúdo, se for rapaz;
Que o berço vai ficar no quarto dele desde o dia 01;
Qual o infantário onde vai ficar, mal eu tenha que retornar ao serviço;
Que me vou chatear com meio mundo porque não quero baptizar a criança;
Que vou amamentar nos primeiros 3 ou 4 meses (se o leite for de qualidade, claro) e que a partir daí o pai da criança (*) vai-se levantar de noite para lhe dar o biberón, dia sim, dia não porque eu também mereço descanso.

(*) pai da criança = aquele ser que nunca quis ter filhos e que agora diz nim, porque está apavorado de medo de não ser um BOM pai, medo de não dar conta do recado, medo de amar incondicionalmente e de dar a vida por outro ser. O mesmo que trata o gato como uma criança, anda com ele ao colo a caçar moscas, levanta-se de madrugada para lhe dar de comer, dorme todo torto e acorda com dores no corpo porque não se pode mexer de noite, senão incomoda o gato que dorme sempre encostado a ele. O mesmo ser que lEva o gato às urgências veterinárias às 22 hrs porque está a tossir devido a uma bola de pêlo na garganta. O mesmo ser que diz ao gato “ pronto, pronto já passou, está aqui a mãe e o pai”, que compra lembranças para o animal sempre que vamos de férias, que não repreende o gato porque “coitadinho do bichinho ele é tão fofinho”.

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

A minha alma está pasma

Momento histórico cá em casa e digno de registo.

O meu namorado mudou a areia do gato. Sim, mudou a areia do gato!!!

Porquê? Porque eu estava com uma grandessisssima neura e disse para o gato:

- eu sei que é dia de pôr areia fresquinha mas não me apetece. Tu perdoas-me não perdoas? Amanhã eu troco, está bem?! Chamei o meu namorado pelos 2 primeiros nomes (coisa de gaja) e disse, olha, vai trocar a areia ao gato... e ele foi... dizendo tens que me explicar como se faz.

Só penso numa coisa:
Daqui  a mudar fraldas vai um pulinho.
Pronto, ok, primeiro tenho que fazer a criança, mas isso é outro assunto.

Detesto

Galochas.
Deve ser trauma de infancia
Eu e minha irma mais velha usavamos quando eramos miudas. Um par era vermelho outro azul. Nao me recordo qual me pertencia mas lembro-me que me sentia mal com elas porque tinha a ideia que as pessoas reparavam nelas. Na altura eram calçado de pobre e nao moda, como actualmente.
Galochas agora so se vierem com barras de ouro la dentro e cravadas a diamantes.