quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Sentimentalismos

Isto há cada coisa.
Quer-se dizer uma pessoa é cobra venenosa a vida toda, inferniza todos que a rodeia, muitos afastam-se e raramente aparecem...já nem no Natal a querem ver... ela envelhece sozinha e quando acama só um filho a quer receber em casa dele e depois...plim...milagre... a pessoa morre e passa a ser uma santa. SANTA! E não, não é por ter deixado herança...
Nos fieis anda tudo preocupado em saber quem vai enfeitar a campa, vão para a beira dela chorar enquanto a missa decorre... poupem-se estas merdas... eu não esqueço e eu não perdoo! Não é por ela ter morrido que eu ganho amnésia!!!

Eu já disse: quando ela era viva ninguém queria saber, agora ides todas as semanas ao cemintério. Não tinha sido melhor se lhe tivessem feito companhia quando era viva???
Olha eu nem de viva nem de morta.



1 comentário:

Uba disse...

Também sou como tu e depois olham-nos como bichos insensíveis... Enfim!