quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Inocência

Lembro-me de ser criança e de pedir uma bicicleta ao Pai Natal. Na casa antiga dos meus pais não havia fogão a lenha nem lareira. Existia somente o fogão normal, que tinha uma tampa em aluminio branco e era ai que pousavamos um sapato de cada membro da familia, na noite de Natal, antes de irmos dormir. Depois era só esperar pelo Pai Natal.
De manhã regalavamos os olhos ao ver os embrulhos de presentes em cascata e no topo estava o respectivo sapato em cima.
Lembro-me que não recebi a bicicleta de presente...ao que fiquei desiludida mas pensei melhor e cheguei à conclusão que só não a tinha recebido porque não tinhamos chaminé...só havia um buraco por onde saiam os cheiros da comida. Ora era obvio que a bicicleta não passava pelo cano tão estrieito, pelo que o Pai Natal ficou perdoado.

1 comentário:

Katie disse...

Óh Morango revi-me inteiramente neste teu post, aliás até dei um saltinho à minha infância, connosco era exactamente assim, um fogão branco e o sapatito lá em cima.
E era tão bom.
:-))