segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Isto das sogras

A propósito de um post do Urso Misha tenho a dizer que sempre me dei lindamente com as minhas sogras.
O truque é mantê-las à distância...cada uma na sua vidinha e tudo corre bem! Também é um caso perdido entrar em choque ou competição, porque os nossos maridos/namoridos ficam sempre do lado delas e eu até concordo, mãe é mãe e também não quero que critiquem a minha.

Lé em casa é tudo muito moderno. Ele vai jantar com a mãe 2 vezes por semana. Apesar de ser sempre convidada prefiro só lá meter os pés tipo uma vez por mês. Sou muito bem recebida, a conversa é sempre muito agradável, mas não há tempo para aprofundar assuntos nem ninguém dar palpites sobre a minha vida. Também não me meto na vida dos outros...o que quero é distância que é para não dar motivos para lhe ter que retribuir almoços ou jantares. Isto cada uma na sua vidinha é muito bonito, porque ninguém é perfeito e nem ela nem eu somos santas. Agora eu tenho uma vantagem...é que a casa onde vivemos é minha, sou eu que a pago, pelo que há um respeitinho muito grande...nomeadamente no que respeita a "visitas"...sim, porque como o filho dela não quer casar comigo (devo ser menos que a cabeleireirazeca com quem ele casou e se divorciou) eu não tenho "obrigações"...sim filho, sem direitos não há cá obrigações, ouviste?!, não que eu não nasci ontem!!!
Sendo assim a minha casa não é hotel nem pensão. Ela que vá lá para a casinha do filho (que está desocupada), sobre essa sim, ela tem direitos.

1 comentário:

Katie disse...

Eu também sempre me dei bem com as minhas, e é como dizes, nada melhor do que apenas visitas, assim funciona lindamente!