domingo, 17 de fevereiro de 2013

o primeiro susto

dizem que ser mãe é nunca mais ter descanso e viver em sobressalto com receio do que possa acontecer aos seus filhos.
pois o meu primeiro susto aconteceu na sexta ao fim do dia. estava em casa deitada a ver tv e fui fazer xixi. nao notei nada de diferente mas quando ia puxar o autoclismo reparo que o papel higienico está rosado, erra sangue! gelei, estremeci e voltei a limpar-me e saiu novamente sangue, não era muito mas o suficiente para me deixar desorientada. liguei de imediato à dra elsa, que me disse para ir ao consultorio mas  que em principio não seria nada grave.
já passava das 19h e, extraordinariamente, o meu namorado estava em reuniao com os roc's,  que acabou no momento em que desligou a chamada.
ja no consultorio a dra. analisou-me e felizmente o sangue não vinha da vagina mas sim da minha uretra (coisas da minha bexiga complicada) para me compensar do susto a dra fez-me uma ecografia para eu ver o bebé a mexer.
felizmente foi só um susto e o bebé está bem.

3 comentários:

Bé Oliveira disse...

Ufff...ainda bem que não passou de um susto.

Por isso dizem que ser mãe é viver com o coração nas mãos...para toda a vida

Uba disse...

É mesmo um constante sobressalto.

Katie disse...

Ainda bem que não passou de um susto!