sexta-feira, 15 de março de 2013

Comentário e post 2 em 1

Em resposta ao homemsemblogue no que respeita a este assunto:

quem está mais disponível para o sexo? eles ou elas?

tenho a dizer o seguinte:


Ora bem, se a vida de uma mulher fosse só chegar a casa, descontrair e relaxar, óbvio que haveria disponibilidade para sexo, afinal quem não gosta? Sexo é bom!

O problema é que a mega maioria das mulheres não tem empregada todos os dias (ai isso é que era bom) e chega a casa do trabalho e não se pode dar ao luxo de relaxar porque tem que apanhar a roupa que colocou a secar antes de ir trabalhar, tem que fazer a cama, preparar o jantar, fazer a lista de compras, pensar no que vai cozinhar no dia seguinte, marcar esteticista, sacudir os tapetes, levar o lixo lá fora, tirar a loiça da máquina, reforçar o papel higiénico da wc, limpar o pó, dar banho aos miúdos, passar a ferro, aspirar, mudar as toalhas de banho, cuidar da areia do gato, arrumar as compras, ligar à amiga que faz anos, etc e tal. Como é que se vai ter disposição para pensar em sexo? Quando chega à cama aterra de cansaço!

Eu proponho que os homens façam um exercício:inverter os papeis com a mulher que têm em casa. Sim, elas vão trabalhar, depois vão beber uma cerveja com os amigos e quando chegam a casa jantam e ficam disponíveis para sexar toda a noite. Enquanto isto eles vão trabalhar, depois vão ao supermercado, passam pelo infantário, chegam a casa e começam a tratar daquelas tarefas todas, e ainda mais algumas, acima descritas. Quando se deitarem na cama, vejam lá se têm vontade de fazer amor? Cá para mim nem tiveram tempo para pensar nisso e agora querem mesmo é descansar! Mas não façam isto só um dia!Não, um dia só era muito fácil!!! Façam durante meses e meses, anos e décadas também!

A sociedade não é justa para com a mulher actual. Temos que ser perfeitas em tudo, trabalhar fora e chegar a casa e continuar a trabalhar e ter tempo para agradar o marido.

Meus senhores aqui vai um conselho: que tal deixarem de  "ajudar" as vossas mulheres em casa e passarem a dividir honestamente as tarefa domésticas? Uma coisa vos garanto: a disponibilidade delas para sexo vai aumentar, ai se vai!

2 comentários:

S* disse...

Acertaste na mouche. O meu rapaz mudou de trabalho há umas semanas, anda feliz, sente-se realizado, e digamos que tem um horário livre. Eu trabalho das 10 às 18, tenho horários fixos, chego a casa, preparo jantar, tomo banho, estico o cabelo... partilho com ele as outras tarefas, mas há sempre louça para lavar, roupa para lavar, roupa para pendurar, roupa para passar, areia das gatas para mudar. Por mais que eu queira ter sempre paciência para intimidades, é impossível.

A Bomboca Mais Gostosa disse...

Só tenho a assinar por baixo!
O meu dia a dia é exactamente assim.