sábado, 9 de março de 2013

Em modo reclamação - uma pessoa gasta 500 eur e depois ainda é tratada assim

"Exmos Srs.,

No passado dia XX adquiri um XXXXXX na V. loja do XXXshopping.

Tenho a dizer que fui muito bem atendida, com simpatia e profissionalismo. Acordei com a vendedora que a entrega seria dia YY do corrente na minha residência. Como largo o serviço às 16.30h marquei para as 17hrs, ficando acordado que o distribuidor me contactaria cerca de uma hora antes.

No dia combinado mas perto das 14.10hrs liga-me o funcionário da distribuidora a pedir direcções mais especificas e a dizer que dentro de 5 minutos estava em minha casa. Ora eu estava a trabalhar, pelo que o informei disso e lembrei que a hora marcada era às 17hrs. O senhor ficou alterado e disse-me que quem marcava as horas das entregas era a empresa dele, que a V. Empresa não mandava nada e que se eu não estivesse em casa a encomenda ia para trás porque eles tinham mais entregas para fazer. Como, por acaso, a minha mãe ia à minha casa às 14.30hrs, eu disse ao senhor que sendo assim podia lá passar a essa hora, o que não faltava muito visto serem perto das 14.10hrs. O funcionário se estava exaltado mais exaltado ficou e disse que não podia esperar 20 minutos porque tinha que ir para outra localidade e sempre a barafustar exclamou que ia levar a mercadoria para trás e que eu podia reclamar à vontade porque quem mandava eram eles. Obviamente que a esta altura da conversa e com tanta falta de respeito e modos da parte do sujeito também eu já estava alterada. Resolvi deixar à consideração dele a entrega ou não da mercadoria. Entretanto liguei para a minha mãe que já estava em minha casa e então liguei ao funcionário a avisar que já havia gente no meu apartamento e se quisesse podia lá passar.

O sr. da transportadora teve dificuldades em encontrar a residência, pelo que chegou lá perto das 15hrs, mas em relação a isso nada a apontar. Quando chegou ao 2.º andar, que é onde eu moro, o sujeito começou a reclamar com a minha mãe que nem elevador o edifício tinha. Ora eu se soubesse que o senhor ia ficar tão ofendido por estar a fazer o trabalho dele e ainda por cima sem elevador, teria mandado instalar um de propósito para ele (ironia claro). Posto isto deixou a encomenda no meio do corredor das escadas, nem sequer o deixou dentro de minha casa! Ora como sabem a embalagem pesa 29.3 kgs, a minha mãe já tem uma certa idade, custava muito deixar a encomenda dentro de casa? E se fosse eu, grávida, a recepcionar a mesma como é que a meteria dentro de casa? Ia colocar em risco a vida do meu filho porque o sujeito não quis ter a amabilidade, já não digo obrigação (!) de deixar a encomenda DENTRO de casa? É pedir muito que o façam?

Resumindo: entendo que, apesar da V. empresa não estar directamente envolvida neste péssimo serviço prestado, deveria haver um maior rigor e critério de profissionalismo no que respeita à contratação de serviços externos à V. empresa e que, indirectamente, vos representa, sim porque eu comprei o produto a vós foi convosco que acordei a entrega da mercadoria.

Sem mais de momento,
Morango Azul"


A resposta a esta reclamação chegou por telefone e por mail. Pediram imensa desculpa e disponibilizaram-se para me ressarcir de algum dano que tivesse sido causado em virtude do sucedido.
Vá lá, menos mal!

5 comentários:

Pretty in Pink disse...

Morango não percebi bem aquele comentário no meu blog...Passo horas a escrever sobre ele? No blog desde o fim da relação escrevi um post a explicar o que se tinha passado, agora andei desaparecida achei por bem explicar o que se tinha passado...Eu gosto muito que comentem o meu blog mas não gosto que comentem e falem de coisas que não sabem e muito menos digam coisas que não sao verdade...Acho que no final de um namoro de 6 anos é normal que eu escreva da maneira que escrevi, não é dramatizar, relatei apenas a situação e o quanto fiquei magoada. E graças a Deus que o meu interior não precisa de crescer, acho que o dele sim precisa, pois foi ele que errou.

Beijinho*

Morango Azul disse...

Então foi coincidência porque não ia ao teu blog há semanas e o tema é o mesmo. De qualquer das maneiras reafirmo: tens que avançar e não remoer.

Morango Azul disse...

Olha recuei uns quantos posts teus e tenho que te dar razão no que respeita ao tema, sim não estás sempre a falar do fim da relação, pelo que foi coincidência é peço desculpa. Também penso que não fui assim taaaooo indelicada.

A Bomboca Mais Gostosa disse...

Fogo, que seca! Mas ao menos pediram desculpa...

Paulo Nunes disse...

As empresas deviam ser obrigadas a ter transporte próprio! Isto de recorrer a transportadoras.. muitas vezes só acaba mal!