quinta-feira, 4 de abril de 2013

E por falar em médicos #1

Eu cheguei a uma conclusão: ser médico é fácil. Sim, é fácil...porque é só mandar fazer análises ao sangue e urina...se estiver tudo dentro do normal e o paciente se continuar a queixar então o diagnóstico é: sistema nervoso! Dá-se uma xanaxzinho e está a andar!
Senão vejamos:

Desde adolescente que me tenho vindo a queixar aos médicos da minha bexiga...que urino muitas vezes e com pouco fluxo...fluxo esse que cada vez era menor e com o passar dos anos... parou! Mandavam-me fazer análises à urina e, claro, que tinha infecções urinárias atrás de infecções urinárias...o porquê ninguém quis saber...Quando finalmente a análise dava limpa, pronto, o problema estava resolvido, apesar de eu continuar com as queixas...ah é sistema nervoso, andas muito ansiosa, queres um xanaxzinho? Os anos passaram e o ciclo era sempre o mesmo, infecções, muitas micções e cada vez menos fluxo... Há uns anos atrás comecei a perder urina, assim do nada! Vou para o particular porque já tinha condições financeiras para isso e após muitos exames especiais e caríssimos, cirurgia e tal, o diagnóstico foi: retenção urinária com incontinência de esforço devido a espinha bifida. Agora o problema está "controlado" mas dado que já nasci com espinha bifida seria de esperar que algum médico alertasse a minha mãe, quando nasci, para eventuais problemas futuros...mas não, é como eu digo... é fácil ser médico! E nem o médico de família ligou quando me queixei...

E pensam que acaba por aqui...não. A saga continua daqui a uns dias...infelizmente para a minha saúde!

3 comentários:

Uba disse...

Que história... Valha-me Deus!

Sue disse...

Infelizmente é o sistema de saúde que temos. Cada vez mais acredito que nos devia ser dada a hipótese de escolha para o que queremos descontar. Pois por mim não punha mais um tostão no publico!

Morango Azul disse...

Olha nem tu nem eu!