domingo, 12 de maio de 2013

Em relação aos exames nacionais do 4º ano

tenho a dizer que não estou a ver o drama da situação. As crianças não estão minimamente preocupadas com isso porque já incutiram que faz parte da escola. Os pais é que parecem mais transtornados porque acham que os filhos vão ficar traumatizados.
Bem, já sabemos que as criancinhas de hoje em dia são muito frágeis e se traumatizam com pouco mas também é bom para o seu caráter saberem que a avaliação faz parte da vida. Estamos constantemente a ser avaliados: começa na escola, passa pelo namorado/a, depois pelo patrão, depois pela sogra, enfim, a sociedade em geral. E quanto mais cedo se habituarem a isso melhor para eles.

Agora também não concordo em se fazer um circo há volta do assunto, com policias e entregar as provas em caixas lacradas, nem na necessidade das crianças se deslocarem da própria escola. Afinal os miúdos não são criminosos nem estão a concorrer ao governo...porque se estivessem bastaria terem uns amigos à maneira e estarem filiados em partidos políticos.

Haja bom senso.

3 comentários:

Roger disse...

Não é uma questão de os miúdos ficarem traumatizados, mas sim , na minha opinião, ser uma pressão desnecessária naquela idade. Sobretudo nos moldes em que as coisas estão a ser feitas, não só as questões que referiste (ter que ir a outra escola, a PSP à mistura, os miúdos terem que assinar uma declaração em como se comprometem a não levar telemóvel - os pais é que deviam assinar, etc) mas também o facto de a 2ª fase de exame valer 100% da avaliação final! Estamos a falar de putos de 9/10 anos, não de 17/18 como nos exames do 12º!

Uba disse...

Hoje em dia, sinceramente, não faz muito sentido exames na 4ª classe. Antigamente era diferente pois era a "escolaridade obrigatória". Eles deviam sim preocupar-se com a qualidade do ensino e com o que se ensina. Aí sim!

mi disse...

Ola a todos, eu nao concordo de todo com a realização destes exames! Tenho a minha filha e o meu enteado que na proxima semana ja o vao fazer, andam nervosissimos ha um mês aproximadamente... tenho muito medo que lhes dê uma "branca" e nao consigam passar por causa disso... Acho que sao muito pequenos para esta responsabilidade, concordo antes com os exames do 6º ano, aí sim, já têm uma mentalidade que suporte esta carga de stress. E um exagero total, vao obrigar inclusívé as crianças a assinarem um termo de responsabilidade em como nao levam aparelhos electronicos para o exame?! um termo de responsabilidade?! eles nao sabem o que isso é! Andam irritados, nervosos e estou com medo, nao que eles passem por nao saber, porque sao bons alunos, mas porque lhe pode dar uma "branca" e so devido a carga de stress que isto acarreta. E desengane-se, em casa nos tentamos afastar a ideia que o exame é um bicho papao mas mesmo assim eles sentem. Fica aqui a minha opinião. Parabens pelo Blogue.