sexta-feira, 17 de maio de 2013

Nada melhor que uma notificação das finanças para acabar a semana em pleno

Pois é, uma pessoa tenta ser honesta e fazer as coisas como manda o figurino e só se lixa phode.

Como estou grávida decidimos fazer o IRS em conjunto.

Recebo uma notificação das finanças para lá ir fazer prova da união de facto. Ora eu pensei em convidar o chefe da repartição para vir cá jantar, inspecionar o guarda fatos, a gaveta das cuecas, contar quantas fotos dos dois há cá em casa, verificar se ele tem a chave da caixa do correio, se ele sabe qual é a minha comida preferida, e já que cá estava ia também perguntar aos vizinhos se vêm o meu namorado a sair cá de casa, se só o vêm a  ele ou a mais uma dúzia... mas como tenho que repousar achei melhor ir lá entregar a declaração da junta de freguesia a atestar a união de facto.

Ora azar dos azares, vou a ler a suposta declaração com olhos de ver e reparo que na junta fizeram merda...aliás não era de esperar outra coisa, nem sei como confiei mas pronto (depois ainda querem que se tenha pena dos funcionários públicos...só fazem merda!!!).

Então é assim: no inicio do ano pedi uma declaração de união de facto na junta desta aldeia onde vivo. Parti do principio que não lhes tinha que fazer a papinha todas mas pelos vistos tinha sido melhor. Na altura entregaram-me um atestado de residência...achei estranho mas não quis ser ranhosa e contentei-me com aquilo... Verdade seja dita que não estava à espera de vir a fazer uso daquele papel... Como se não bastasse os dados constantes no atestado estavam errados...nem os nossos nomes conseguiram copiar sem se enganarem... assim tive que pedir que alterassem. Agora que vou juntar a declaração ao processo e é que vejo que aquela merda não cumpre os requisitos. Amanhã terei que ir novamente à junta a ver se fazem o serviço deles como deve ser.

Não fosse o facto de ter que me incomodar nesta fase em que era suposto estar a repousar e não me stressar e nem dava importância ao assunto, mas que irrita uma pessoa querer ser honesta e ainda se incomodar, irrita. Na prática fazer o IRS em conjunto não me traz benefícios nenhuns, pelo contrário. Como mãe solteira pago menos de infantário, desconto menos 1% de IRS e dado que este ano só trabalhei 2 meses, para o ano a criança até tem direito a abono de família.

Mas perguntam vocês porque é que fui notificada a fazer prova da união de facto e eu respondo: porque o meu namorado não alterou a morada fiscal dele para esta aldeia maravilhosa onde moramos há 5 anos...se eu estou muito preocupada? Não! O maior beneficiário é ele que pagaria menos imposto mas como eu não usufruo do salário dele não me atrapalha em nada.  é para ele aprender a tratar das papeladas importantes a tempo. Uma coisa é certa: quem quer regalias de casado só para o que lhe convém que se mexa.

(sim são 3h.30m da manhã)

1 comentário:

Paulo Nunes disse...

eu quando mudei de residência... só me esqueci de mudar a morada da carta de condução.. estive assim 3 anos lol! Vá lá que não tive nenhuma operação STOP :P
Os gajos das finanças não brincam... eles sabem que que existem muitas pessoas a enganar...