terça-feira, 4 de junho de 2013

A minha irmã mais velha

Acabei de ligar à minha irmã mais velha e sobre esse telefonema falarei mais tarde... agora gostaria de dizer que não tenho afinidade com ela. É normal duas irmãs não se entenderem? Ou por sermos irmãs temos que pensar da mesma maneira? E por ela ser mais velha (6 anos) tenho que viver como ela quer que eu viva? Não sei. Mas vou lembrar aqui alguma situações na minha vida em que a minha irmã mais velha assume um papel fundamental:

- Quando entrei para a faculdade ela teve uma crise de choro...não porque ficou orgulhosa mas porque e cito: a minha irmã vai estacionar à porta dos pais de BMW e eu vou andar de Fiat UNO;

- Quando a minha mãe me pagou o traje académico ela exigiu que a minha mãe lhe desse o valor do mesmo... (claro que a minha mãe não fez isso porque ela não estudou porque não quis)

- Quando eu ganhei bolsa de estudo na faculdade e comprei um telemóvel ela fez um escândalo...porque ela não tinha nenhum.

- Quando eu casei teve uma crise de ciúmes porque, por acaso a casa do meu marido era pertíssimo da casa da minha mãe, ela achava que eu devia fazer como ela, ir para longe e cortar laços com a mãezinha e porque os meus filhos (aqueles que eu não pensava ter na altura) iam conviver com a avó e os dela não).

- Quando o meu marido me agrediu eu fui dormir à casa dos meus pais...ela apareceu lá e disse que a vida não era assim, que não era porque o marido bate na mulher que o casamento vai acabar.

E pronto, está apresentada a minha irmã mais velha.

(No comment)

9 comentários:

A Bomboca Mais Gostosa disse...

Bem, eu não tenho irmãos ou irmãs, mas realmente ela tem uma forma de ser assim um bocadinho estranha :\
Tem atitudes que não se compadecem com a idade que certamente tem e os laços que partilham.

Eve disse...

k amor... dass!!!!!!!!!!!!!!!

Roger disse...

Fuck, com uma irmã assim quem precisa de inimigos? o.O isso tudo cheira-me a inveja (da parte dela), por seres profissionalmente mais bem sucedida

Orquídea disse...

sem comentário mesmo :S acho que ela está boa para se juntar à tua cunhada e sogra xD sorry...

uba disse...

É a verdadeira "dor de cotovelo". Este exemplo que dás apenas reforça a minha ideia de que os laços de sangue, muitas vezes, nada significam.
Força!
Beijos

Patrícia Figueira disse...

De certeza que não é da família do teu namorado????
Só consegui reter a parte em que foste agredida e ela ainda se arma em condescendente:((
Nem sequer percebo pq não tens afinidade com ela:)) (tom irónico, claro)

Portuguesinha disse...

Olha, eu relevo um pouco os motivos que apresentas para justificar as razões da tua irmã (e tenho uma invejosa que também fez coisas que ela pensa que eu não percebi). Agora o que me assustou nesse relato todo não teve nada a ver com ela, mas com o facto de contares que foste para a casa dos pais por o teu marido te agrediu! Espero que não seja o que fica no ar...

Morango Azul disse...

Ex marido.
foi o início do fim.
já cá contei esse episódio.

Morango Azul disse...

Agora não sou casada.