terça-feira, 11 de junho de 2013

Expliquem-me lá

Porque é que os funcionários públicos acham que são mais que os outros e não devem ser despedidos?
Que se dêm por contentes por terem andado estes anos todos sem se preocuparem com isso, nem com produtividade. Já tiveram muitas pontes, 25 dias de férias, adse, 35 horas de trabalho semanal,  progressão AUTOMATICA de carreira, atestados médicos sempre que lhes apetecia, reformas sem penalização após 35 anos de descontos, etc e tal...

Ai e tal vão ficar desmotivados...olha azar! No privado alguém fala em motivação? Ou trabalha e produz ou arranja-se outro para o lugar dele.

7 comentários:

Mariposa Colorida disse...

Até podia. Mas não me apetece muito comentar este post, porque conheço bem os dois lados! E entre os dois...venha o demo e escolha!

A Bomboca Mais Gostosa disse...

No privado a motivação é: ou fazes, ou arranja-se quem faça por metade do preço.

Eve disse...

dura e crua e acertas em cheio

Paulo Nunes disse...

Eu trabalho num IP e existem 4 ou 5 pessoas que deviam estar no olho da rua! enfim!
espero que isto mude!

Anónimo disse...

Trabalho para o Estado como CIT ( contrato individual de Trabalho)há 10 anos com 40 horas semanais, nunca tive essas regalias que menciona.
Há funcionários públicos e funcionários públicos...não generalize

Anónimo disse...

Concordo, nem vale o comentário!

uba disse...

Pois Moranguinho, já estive nos dois lados. Há pessoas e pessoas, não há títulos. o erro da F. Pública foi meter e meter malta, grande parte sem qualquer formação. É pessoal para atender telefone, é pessoal para abrir porta, é outro para fechar a dita porta... Fez BUM! Gente a mais!