quinta-feira, 6 de junho de 2013

Há cada uma

Vi agora no euronews que a líder daquele movimento que se dedica a manifestações em topless foi à Tunisia acompanhar o julgamento das suas colegas de protesto.
Passado umas horas o governo tunisino resolveu expulsá-la do país. Conta ela que estava no quarto do hotel e entraram uns homens por lá dentro e disseram que ela tinha que ir embora. Ela estava em roupa interior e nem teve tempo para mandar uma mensagem a alguém.

Gostei do pormenor "estava em roupa interior" vindo de alguém que passa o dia a mostrar as mamas ao mundo em forma de protesto.

Será que virou púdica assim de repente?
Menos menina, menos!

1 comentário:

uba disse...

Felizmente estava em roupa interior, poderia estar sem! llol