sexta-feira, 5 de julho de 2013

Serviço público - mas quem será o pai da criança

Mais se informa todos os interessados que o registo de um bebé pode ser feito por qualquer um dos progenitores caso estes sejam casados (um com o outro, claro:))). O pai da criança é sempre o marido da senhora, quer queira, seja, ou não!

No caso de gajas como eu, solteiras, divorciadas ou afins, o registo tem que ser efectuado por ambos os progenitores...não vá uma gaja andar por ai a registar filhos no nome de qualquer um... de preferência rico, e sem o gajo saber.

8 comentários:

Orquídea disse...

ui...boa...então não posso casar antes de ter filhos! Ele sempre me disse que não quer o mesmo nome que eu para o filho e que chega lá e como ele é que pode pôr o nome eu quando vir já está o registo feito -.-'

Same Old Guy disse...

Parece-me justo!!!

Anónimo disse...

Como as coisas estão tao antiquadas meus deus!!

LA

Nadinha de Importante disse...

E, se a senhora tiver dado um pulo na cerca, fica o marido na mesma?

Paulo Nunes disse...

Capaz disso és tu :P futebolista ou homem de negocios que viaje mto! :)

Morango Azul disse...

Sim. Conheço um caso desses. A criança era do cunhado, foram ambos à conservatória e o miúdo ficou como filho do marido. Não deixaram registar no nome do pai verdadeiro.

Morango Azul disse...

Ah pois é.

agridoce disse...

Que estupidez...