quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Femme Fatales

No sábado saí de casa sozinha pela primeira vez desde que fui mãe, 4 semanas atrás.

Para levantar a moral coloquei um vestido apertado no peito e a alargar ligeiramente para esconder esta barrida de gravidez de 4 meses... bruto decote, maquiagem, perfume, tacão agulha, unha vermelha...e lá fui eu ao cabeleireiro e ao supermercado. É claro que muitas pessoas repararam em mim... senti-me bonita mas algo não batia certo...Aquela não era eu...EU sou mãe...e mãe não deve andar na rua com metade das mamas à mostra... Mãe não deve despertar interesse noutros homens, não deve ser cobiçada. E o que me apetecia mesmo era estar de calças de ganga e sapatilhas ou uns belos chinelos de dedo...que é o que as mães vestem. Por momentos recuei ao pré grávida e já não me vejo assim, toda produzida...porque sou mãe... e penso se não haverá aqui uma incompatibilidade entre ser Mãe e ser Mulher. Conseguirei voltar a sentir-me mulher novamente? É que agora eu sou Mãe... e mãe é mãe... e as mães são fofinhas não são sexys.

6 comentários:

Orquídea disse...

e porque não são sexys?! mulher é e será sempre mulher, independentemente de ter um filho...altos decotes eu não ando (não é o meu estilo, não sou eu) mas produzida acho que que andes! Afinal de contas, vais mudar 180graus só porque foste mãe?!!

Eve disse...

oh querida passei por essa fase... e sim, 4 semanas apos o parto sentimo-nos mt mais maes do k mulheres, essa sensaçao passa felizmente

A Bomboca Mais Gostosa disse...

Eu sempre gostei de me arranjar, espero não perder esse gosto!
Mas repara, não te assustes para já porque como foste mãe há tão pouco tempo, pode muito bem apenas ser uma fase.

Roger disse...

Não deixas de ser mulher porque és mãe, digo eu :)

Cat disse...

Não concordo nada Morango: porque é que uma mãe não pode ser e querer sentir-se bonita e sexy? Que mal tem se reparam numa bonita mulher seja ela mãe ou não? Podes é estar numa fase em que a imagem é a última das tuas prioridades e isso compreendo perfeitamente. Mas digo eu, mãe de 3, que uma mãe com auto estima é uma mãe muito mais feliz para cuidar dos seus filhos :)

homem sem blogue disse...

Acho que não deves perder esse lado de mulher que tens. És mãe, esposa mas também és mulher. E é bom que não percas esse lado.

homem sem blogue
homemsemblogue.blogspot.pt