segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Coisas que não entendo

Não gosto de ver miúdas de 14 anos com a unhas dos pés pintadas de vermelho.

Acho que esta juventude quer crescer depressa demais no que diz respeito a certas coisas como a aparência e tecnologia mas depois permanecem criancinhas durante anos e anos, incapazes de tomar decisões na vida, lidar com desafios e enfrentar problemas na fase adulta,  até porque, actualmente, ficar sem namorado aos 15 anos é motivo de tentativa de suicídio e ser virgem aos 18 é um drama.

Mas para mim a culpa não é só deles, os paizinhos também têm a sua quota parte... por exemplo uma amiga minha contava-me que tinha ido à kiko comprar vernizes claros para a filha...até aqui tudo bem, não fosse a miúda ter 9 anos! Eu perguntei-lhe directamente se ela achava normal uma miúda de 9 anos ir para a escola maquiada e com verniz nas unhas. A resposta foi: as amiguinhas vão, ela também tem que ir. E pronto...ensinarmos as nossas criancinhas a serem umas marias vão com as outras e depois quando chegarem a adultos queremos que tenham personalidade forte e sejam decididos e mais não sei o quê...acho que desta maneira vai ser difícil.

4 comentários:

Nadinha de Importante disse...

Acho isso horrível!
Cada macaco no seu galho, maquilhagem é para quando tiverem idade para sair!

A Bomboca Mais Gostosa disse...

Realmente os valores estão todos alterados. Não me imagino a deixar uma filha minha ir nesses preparos.

Anónimo disse...

Podes crer, eu tenho-me debatido com o meu filho de 9 anos porque ter telemovel e eu pergunto "Pra quê?" pra depois andar distraidos nas aulas, ou a gastar o dinheiro todo a mandar sms aos colegas de escola q estão ali ao lado, pffff
Mas as birrinhas que faz sempre que digo que já chega de jogos de pc ou desenhos animados isso já ele não é crescido bah

jokas LA

Roger disse...

No caso da miúda de 9 anos, realmente acho um exagero.

Quanto à miúda de 14... Também não sou muito a favor... Mas aí já consigo ver as coisas de outra forma... Aos 14 já se está só a um ano de entrar para o secundário. E há aquela pressão normal de querer crescer, bem como a pressão da discriminação por parte dos colegas. Quem nunca viu isso acontecer? Há que ter sensibilidade perante as idades em questão e saber perceber que (porque os miúdos podem ser muito cruéis) pode haver algum tipo de discriminação na escola. Claro que não defendo que miúdas de 14 se maquilhem todos os dias. Mas num dia especial, porque não?

(Eu sei que é mais fácil dizer isto quando ainda não se é pai. Mas acho que quando for pai, também vou saber quando devo ceder um pouco para que os meus filhos se sintam felizes e para que não sejam discriminados na escola)