quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Contado ninguém acredita #2


O que vou contar aqui, apesar de ter sido tema de livros, filmes e novelas, aconteceu, infelizmente, na vida real. Na MINHA vida. Por ser um tema longo vai ser dividido por alguns posts para não vos massacrar… e só segue quem quer.

Contado ninguém acredita # 1



Sim, leram bem: pela pulseira identificadora, aquele bebé não era meu filho.

O mundo naquele momento parou de girar… eu olho para aquela criança e por nano mini milésimos de segundo pareceu-me um estranho… Enquanto espero que a enfermeira chegue ao quarto a minha cabeça anda a mil, o meu coração parece que vai sair pela boca e o mundo está em stand by… Já me doía o corpo da cesariana há dias, naquele instante doía-me a alma.

Olho para aquele bebé que amamento há 3 dias e o meu coração diz que ele é meu filho, que o amo infinitamente e que ninguém o vai tirar de mim… e se no quarto ao lado há uma criança que saiu de dentro de mim, que carreguei na barriga por 9 meses, então eu quero os dois bebés, são os dois meus filhos. Uma coisa é certa, este não sai daqui… mas o outro que é sangue do meu sangue também é meu e não quero que lhe falte nada. A minha cabeça diz que há testes de ADN mas o meu coração nega, eu quero os dois porque este que está à minha frente eu já não largo mais… mas e o outro? E a outra mãe? E como é possível isto acontecer?

5 comentários:

Orquídea disse...

:S tantas questões complicadas de responder...quero saber o fecho desta história! Quero saber o que realmente aconteceu :(

Roger disse...

E neste segundo capítulo do relato, continuo sem palavras :S não consigo imaginar a angústia :S

Anónimo disse...

Opá conta lá o q aconbteceu à criança caraças, já tou aqui ansiosa à dias e tu não desenrolas a historia

Era a pulseira que estava errada não era? Aquele bebe era o teu certo?
Oh melher fala!!!

LA

uba disse...

Tu andas a gozar com a malta, gaja! lol

agridoce disse...

Podias fazer um favor? Salta já para o fim!!!

Surreal!