sábado, 16 de novembro de 2013

I told you so

Uma familiar do meu marido ligou-lhe. Disse que tinha pensado muito em nós (eu e ele).
Foi mãe na segunda feira passada e ao segundo dia em casa juntaram-se pais e sogros. Resultado: conversas, barulho, confusão, pega na criança um, pega na criança outro... manda falar baixo e o povo só respeita uns minutos...Conclusão: ela aborreceu-se, diz que foi por pouco que não mandou toda a gente embora e o bebé ficou agitado e passou horas a chorar.

Diz ela que vai ligar para tios e primos a avisar que não quer visitas nos próximos tempos.

É o que faz melhor! Eu só quis cá em casa a minha mãe, umas horitas por dia, para me ajudar com o almoço, a casa e as roupinhas do Eduardo, não me arrependo nadinha da decisão e aconselho vivamente. Cá em casa estamos convencidos que isso contribuiu bastante para o bebé ser tão tranquilo...mimalho...mas tranquilo.

4 comentários:

Um Gajo Qualquer disse...

Ainda te vais tornar num ícone parental de referência nacional!

patricia disse...

Eu paguei bem caro a vergonha de correr ca malta. A coisa foi tão má, tão má, tão má que as recordações das primeiras semanas da minha filha são dela e colo em colo, eu a lavar as loiças e a cozinhar e todos lindos e bronzeados (julho) a tirarem fotos comigo com olheiras o cabelo mal amanhado, avental e com uma cor a atirar para o bege deslavado. A minha querida sogra ainda mandou fazer um poster da familia para por la em casa. Cada vez que lá vou são chibatadas nos meus olhos. Gostava de ter tido a tua coragem.

Katy Single disse...

Se há coisa que não suporto é barulho! Se calhar pelo facto de morar sozinha à 7 anos. :)

uba disse...

Eu e o meu marido fizemos igual, nada de visitas, só após sms a autorizar. hehehe