quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Perfect timing

Andei o dia todo com vontade de dar um valente peido mas este mostrou-se tímido e foram necessárias algumas palavras de incentivo para o convencer. Já no final do dia lá se resolveu a conhecer o mundo exterior. Saiu potente,  ruidoso e fedorento...dois segundos antes do meu marido entrar no quarto.

Não há romantismo que aguente!

2 comentários:

Uba disse...

Porquê, meu Deus, porquê!!!! LOL
É isso que me pergunto sempre que acontece. Mas lá está, casamento é para as coisas boas e as más, peidos incluídos! LOL

Roger disse...

LOOOOOOL ri-me que nem um perdido agora xD