terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Sometime shit happends.

Parece que os familiares das vitimas do Meco vão acusar o Dux de homicidio por negligência.
Em primeiro lugar quero dizer que não estou nem do lado das vitimas nem do lado do Dux.
As familias querem respostas. Querem saber o que os filhos estavam lá a fazer. Eu respondo-lhes:
 
Caros pais,
Venho por este meio informar que os vossos queridos e estimados filhos se encontravam em amena cavaqueira na noite em que se deu o acidente. Eles arrendaram uma casa para passar o fim de semana, beberam uns copos, fizeram uma caminhada de 6 kms de madrugada até à praia para se divertirem. Para brincarem. E a brincadeira correu mal, infelizmente. Contudo, convém realçar que os vossos filhos, maiores e vacinados, foram de livre e espontânea vontade. Ninguém lhes apontou uma arma à cabeça, nem tais brincadeira fariam parte de alguma disciplina universitária sem a qual não passariam o ano escolar. Não.
Os vosso filhos foram brincar para fazer parte de um grupo onde só alguns entram. Onde através dele alcançam popularidade, status e poder. Fama também! E por vezes oportunidades de empregos espectaculares que o resto da malta nem fica a saber.
 
Até se pode dizer que o Dux era o único com olhar priviligiado sobre o mar e que tinha obrigação de prever o perigo. Pois tinha. Ele e todos que lá estavam. Mas o alcool é uma coisa tramada e dificulta o raciocinio. Agora, também não havia necessidade de ir arrumar a casa pois quem não deve não teme e um acidente é um acidente. Claro que ele, o único sobrevivente, também está em sofrimento. É obvio que ele não queria que aquilo acabasse assim. Nem ele nem ninguém.

9 comentários:

Lia disse...

Por estar longe, se calhar as noticias não me chegam todas, mas de onde vem a menção ao alcool?

Morango Azul disse...

Lia: Li no jornal que foi encontrado as folhas de apontamentos onde uma das vitimas fazia constar a lista de compras para levar para a casa. Entre comida, copos de plástico e outros, constava garrafa de whisky e garrafão de vinho. Também lá estava o que cada um tinha que pagar, cerca de 52 eur/cada que incluía o arrendamento da casa e as ditas despesas.

Lia disse...

Ok!

Nadinha de Importante disse...

Tão verdade...

Roger disse...

Concordo com muito do que escreveste. Está a associar-se isto às praxes quando, a meu ver, nada tem a ver com praxe. Ocorreu completamente fora do ambiente universitário, ocorreu inclusive fora da área de residência. Sim pertenciam à Comissão de Praxe e, alegadamente, era um fim-de-semana para pôr em prática algumas teorias a esse nível (a meu ver, que também nada têm a ver com a praxe como eu a conheço e defendo). Mas este caso está a fazer uma campanha tão anti-praxe que até mete nojo!

Paulo Nunes disse...

Em amena cavaqueira? será mesmo? Não acredito! por mais que bebados estivessem, não acredito que tenham sido levados por uma onda assim. Podiam ter bebido alguma coisa.. mas não foi esse o problema.
Eu amo o mar.. conheco mto bem quase todas as manhas e a praia em questão também. Eles estavam na rampa no quebra coco a fazer qualquer coisa de certeza.. agora o que.. não sei!! deixo isso para a PJ. não estavam na areia seca nem a passear pela praia. impossivel serem arrastados se tivessem para alem da rampa. Deixo-te um video com ondas mais pequenas.. para tu veres o que acontece quando uma onda bate nas pernas na zona do declive! agora imagina esta situação com ondas muito maiores como no meco e vestidos.

http://youtu.be/kNdUbAMY7-M

Este agora é mais para te rires um pouco. esta sim.. parece que estava com os copos haha :)

http://youtu.be/yqEHKuDLZqY

Paulo Nunes disse...

Ahhh outro... mas este é mais para quem sabe nadar, de dia e não esta vestido. Repara.. eles são empurrados para a costa. Existem teorias que eles teriam fita nos pés.. não sei.. talvez não.

http://youtu.be/njAJEOjhr_U

Anónimo disse...

Concordo contigo - aliás acho que os pais estão literalmente cegos pela sede de vingança e querem arranjar u culpado a todo o custo.

Não os culpo mas sim aos advogados que estão a ver se conseguem extorquir uns trocos ou aos pais ou aos familiares do que sobreviveu ou então à universidade.

Quanto a culparem a uni - para mim - é ridículo. Mais valia culparem-se a eles mesmos, afinal de onde veio o dinheiro e a autorização para irem para lá? Eram maiores pois eram mas eram dependentes dos pais. Os pais dizem nas entrevistas que "viviam para a praxe" como se fosse uma coisa normal, um pai a dizer que o filho já nem na universidade andava, era licenciado e estava lá mas agora querem culpar tudo e todos porque a brincadeira correu mal?! Culpem os filhos inconscientes e imaturos.
Eu bem sei que a minha opinião é chocante porque eles estão a sofrer - nem duvido disso - mas factos são factos. E facto é que eles sabiam para o que iam, foram de livre vontade, juntaram-se e planearam tudo em conjunto. Correu mal. Acontece. Que culpa tem a universidade do que eles andam a fazer? Que culpa tem o Dux de ter sobrevivido??

Anónimo disse...

Paulo Nunes segundo a policia a fita nunca existiu - foi invenção - ou de quem assistiu ou dos jornalistas para ganharem mais sensacionalismo.

Não há qualquer vestigio de fita cola, não há indicios, não há ninguém com fotos sobre isso - nenhuma foto da recolha dos corpos mostra fita cola.

Quanto a arrumarem a casa - supostamente o Dux não foi lá (segundo o que ouvi um policia a dizer, ele quando entrou ia com a policia maritima) mas também não percebi quem é que lá foi arrumar as coisas. Essa parte não percebi muito bem como foi pois as noticias são muito contraditórias e só vi um policia a falar disso de passagem (não acredito em nada que tenha sido transmitido pela tvi, p.ex, acho que eles distorceram tudo e fizeram um péssimo trabalho de "jornalismo")