sábado, 1 de março de 2014

Era suposto?

Atendendo a que o meu filho só tem 8 meses decidi que não o vou mascarar este ano. Afinal de contas a criança não percebe nada e os pais não são foliões do carnaval.

Nunca achei muita piada ao dia, se calhar porque de pequena todos iam para a escola primária mascarados menos eu, porque a minha mãe não queria gastar dinheiro nessas coisas. Por outro lado assusta-me um bocado o facto do povo andar todo disfarçado. É que se acontece algo de errado quem é responsável? Como o identificamos? Não sei, mete-me confusão.

A auxiliar perguntou-me de que é que eu ia mascarar o Eduardo...fiquei um bocado entalada...era suposto mascarar uma criança tão pequena? Quando ele entender vai mascarado do que ele quiser, até lá...é ele próprio...lindo,fofo e quentinho. Isso é outra coisa que me mete confusão: ver criancinhas fantasiadas cheias de frio...é que isto não é o Brasil meus senhores!

3 comentários:

Flor Guerreira disse...

As pessoas têm essa mania. As minhas Minis só se mascararam quando elas próprias manifestaram essa vontade. Não tenho especial predilecção pelo carnaval.

Portuguesinha disse...

O povo anda disfarçado?
Eu acho que se calhar nesta altura é que alguns tiram as máscaras!

uba disse...

Se não achas piada, não o faças. Quando ele for maior, logo te pede! ;)