segunda-feira, 24 de março de 2014

Senhor dai-me paciência

O meu marido está doente.
 
MUI-TO DO-EN-TE!
 
Aliás não sei se se safa desta. Começou com pingo no nariz, depois foram as dores num ouvido e agora é a garganta inflamada. Coisa grave, portanto, que o homem não pára de se queixar e acho que vou chamar uma ambulância porque deve ser alguma doença mortal, a julgar pelas constantes queixas e lamúrias e suspiros e ais.
 
Cá em casa vive-se o drama, o horror, de se ter um homem doente.

3 comentários:

A Bomboca Mais Gostosa disse...

Eles são uns piegas mesmo!

Anónimo disse...

Haja pachorra!!
Mas isso começa desde pekenos, já os meus miúdos é a mesma coisa, n podem ter uma feridinha um aranhão parece q o mundo vai acabar pfff ainda dizem q são o sexo mais forte pahahahaha
jokas
LA

Roger disse...

Vocês diabolizam-nos pá, até parece que somos assim tão maus doentes :P