segunda-feira, 14 de julho de 2014

A moduuss que também eu fui obrigada

Uma pessoa avisa no emprego que tem que abandonar as instalações mais cedo devido a consulta médica com filho menor.
Então não é que o telemóvel toca 2 horas antes da consulta a explicar que se tinham esquecido de avisar mas que a Sra. Dra. estava de férias e de modduss que era para eu não ir vão. OK. Paciência.
E prontuus, fui obrigada a sair mais cedo, já que a entidade patronal já estava a contar com a minha saída antecipada e estava...prontuss, a moduuss que fui obrigada.

Sim... porque desde ontem, para mim, a conceito de obrigada (forçada) mudou completamente.

Foi depois de assistir ao que dizia na televisão uma mãe de uma jovem que, imagine-se lá, a miúda foi obrigada e ir para a porta do estádio com 48 hrs de antecedência para garantir que ia estar na primeira fila do concerto lá dos one direction ou full direction ou lá o que é...Sim, a miúda foi O-BRI-GA-DA  a ir para lá com tanta antecedência. Ela nem queria nem nada e a mãe nem deixou nem nada. A culpa é de "alguém" (não sei quem) que as obrigou, às adolescentes, a irem acampar horas e horas debaixo de calor intenso, todas a desmaiar e o caraças, coitadinhas das miudas. Sim, a culpa é de quem as obrigou a ir, claro está.

E aproveitando a maré, prontuss, também eu fui obrigada a sair mais cedo.

3 comentários:

Paulo Nunes disse...

Cambadas de pitas!
Se os gajos fossem uns pirosos mas bons cantores... ninguem punha lá o pé.. agora como são giros e tal...é tudo com os pintelhos aos saltos de tanta excitação!

A Pimenta* disse...

Ai estas adolescentes.... pois, foram mesmo obrigadas!
quanto às consultas, avisam quase sempre em cima da hora que está desmarcada a consulta!

R* disse...

Realmente foste obrigada. Deve ter custado não? :p