quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Oh querida tens que comer muita sopinha

Ando eu sossegadinha a viver a minha vida e com pouco tempo para cá vir mas ainda assim consegui conquistar uma anónima ressabiada e de mal com o mundo.

Por respeito a quem passa por aqui não publico o comentário de índole insultuosa e sexual que tal infeliz deixou. No entanto, agradeço- lhe bastante a gargalhada que me provocou...

Querida, se achas que me atinges com palavrões deves ser ingénua, ou melhor, burra mesmo! Ainda tu não eras nascida e já eu os conhecia a todos. Quanto ao bacanal que sugeriste, faltou incluires o gato. Sim, sexo sem gato não tem piada. Só posso concluir que és uma fedelha adolescente virgem, não por opção, mas porque ninguém te pega. Um elefante deve ser mais atraente que tu.

Obrigada por alegrares este fim de dia. Passa cá mais vezes, pode ser que tenha algo para ti. Se quiseres também te aconselho um bom cirurgião plástico a ver se dá um jeitinho a essas fuças nogentas cheias de acne, borbulhas e gosma.

5 comentários:

Timtim Tim disse...

E vais ver que de vez em quando vai aparecer... a mim aparecem por fases.

Feijoca Magazine disse...

Ó pá!!! A sério?!
A inveja é mesmo tramadex...
Desejos de um bom dia e cara levantada! E cá vai um smile mega-fofo: :-)

Paulo Nunes disse...

Ui... não só espetaste a faca, como ainda rodaste e tiraste as tripas à menina!! és muito má!! insensivel!!! :)))
beijinhos

R* disse...

Eu deixei de permitir os anónimos!
Era violência gratuita e que me afetava, honestamente! Por isso, quem quiser comentar cria blog ou conta no google :)

Caga nisso :)

A Pimenta* disse...

Eu acho que há pessoas que gostam de se entreter com insulto gratuitos e sem nexo nenhum! E pior é que isso não vai acabar nunca. Há sempre quem queira meter nojo!