domingo, 31 de maio de 2015

Eu sou um ás na cozinha

Quer- se fizer, o puto do merengue não alourava resolvi aumentar temperatura.
Fui fazer não-sei-o-quê e o resultado, após algumas tentativas de reanimação, subentenda-se facadas, é este:


sexta-feira, 29 de maio de 2015

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Dúvida existêncial

Alguém sabe o que aconteceu à Série "How to get away with murder" ou "Como defender um assassino"???

Simplesmente interromperam a emissão...deixaram a trama a meio...

Isto é assim???

terça-feira, 19 de maio de 2015

Na ilha

As férias foram boas.

O hotel – H10 Las Palmeras – é bom. Tem serviço tudo incluído, o nosso quarto tripo era espaçoso, os empregados atenciosos. Tenho a dizer que atenderam o nosso pedido de quartos o mais próximo possível ( a minha mãe e irmã também foram) e deixaram-nos fazer o check – out ás 14 hrs por causa do miúdo.

A temperatura andou pelos 30º e nada de nortadas como aqui no norte, só um ventinho suave agradável.

As piscinas são de água aquecida e à tarde a piscina das crianças parece sopa, quentinha, quentinha.

Dentro do hotel temos actividades para os miúdos acima dos 3 anos.

A 20 metros do hotel tem um supermercado aberto 24 horas, parque infantil e variadíssimas lojas para recuerdos.

Voamos pela rayanair e foi tudo bom. Funcional e acima de tudo pontual.

O  Eduardo delirou com a piscina mas passou-se no restaurante. Não queria lá entrar, não comeu sopa a semana inteira, andou a papas, fruta e leite. Não quis arroz nem massa. Pouca carne comeu e nenhum peixe. Tentamos comida de boião e sopa no quarto mas não adiantou. Foi tudo para o lixo. Na farmácia e supermercados só havia papas para fazer com leite, coisa que ele também não comeu. A sorte é que levei 2 pacotes de papa daqui, senão entrava em histeria. Tive que fazer racionamento de papa e leite em pó, se bem que também bebeu leite de vaca. Obviamente que as noites foram cansativas porque sua Exa. tinha fome e lá andava eu a fazer biberões de madrugada. Deduzo que o miúdo estranhou o ambiente do restaurante, com muita agitação, pois em termos de sabor a comida era idêntica à nossa.

Fora do hotel? Não faço ideia. Só fui ao supermercado!

Faltam 31 dias para as próximas: Barceló Punta Umbria Beach Resort


Estratégia: Levar as sopas congeladas de casa. Sugestões?

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Quero voltar para a ilha

Já terminaram as férias em Tenerife.
Bem,  só vos digo: férias com miudo de quase 2 anos é cansativo. O puto não pára quieto. É só bola, piscina, parque. Estou a precisar de férias para descansar destas férias.
O hotel é bom, o serviço muito bom, temperaturas excelentes  e a viagem correu bem. Depois dou pormenores e também tenho que me actualizar do que se passou.
Agora é desfazer malas, lavar roupa e preparar psicologicamente para regressar  á correria do dia-a-dia e horários.

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Exagero ou talvez não

Pá, isto de ser educador é muito difícil.

São as mais variadissimas teorias e estudos sobre isto e aquilo e não-sei-mais-o-quê!

Acabei de ler um blog em que o miúdo foi aprender inglês com 18 meses. Pá, eu acho que eles mal falam português quanto mais o inglês. E não ficarão baralhados com a aprendizagem de duas línguas em simultâneo? Ou, pelo contrário, não será excelente para o seu desenvolvimento?

Dúvidas senhores, dúvidas. Afinal o que é melhor para eles? E nós? Que na idade deles não tivemos nada daquilo e estamos aqui grandes e felizes? Mas e se realmente for bom para eles e não for para a nossa carteira ou horário familiar? Deveremos ficar com sentimento de culpa?

Só vos digo: tantas teorias!!! Que cidadãos estaremos a criar com esta ideia de perfeição?

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Status: Busy

Pois que ando muito atarefada com trabalho, médicos, fisioterapia e malas.

Malas para viajar uma semana com um puto de 22 meses... O que vale é que há supermercados mesmo no centro da Praya de Las Americas (Tenerife - Vamos para o H10 Las Palmeiras). Compro lá as fraldas e os brinquedos de praia mas mesmo assim é preciso levar quase a casa toda.

Ele é roupa fresca para o dia, roupa quente para a noite. Roupa suplente caso se suje, borre ou vomite.
Carradas de cremes. É o protector solar, o creme pós sol, o champoo, o gel de banho, o creme para a cara, a pomada para o rabinho, o perfume, os oculos de sol...

Babetes, biberões, leite em pó, liquido da loiça para lavar os biberões, omo para lavar a roupa suja não vá o miudo apanhar alguma virose e começar a vomitar e cagar de esguicho, fraldas para a praia, fraldas XL para a noite... ben-u-rons, bebegels, ai...

Só vos digo: ando exaurida só de pensar em tanta tralha...

E para o mês que vem, repete-se tudo outra vez pois vamos para o Barceló Punta Umbria no sul de Espanha.

Só vos digo uma coisa: a minha vida é cansativa!

:p

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Duvidas existênciais

Por momentos fico confusa.

Quem é que paga imposto de circulação para andar na estrada? Os automobilistas ou os peões?

E itinerários complementares (IC) são locais autorizados a peões? Onde estão os passeios?

E quem teve a bela ideia de autorizar ciclistas a circularem aos pares e quem se esqueceu de os obrigar a ter seguro?


Os amigos dos homens e as amigas das mulheres


Pois que os homens têm muitos amigos. Bons amigos, dizem eles, de longa data e com quem ir para os copos é um espectáculo. Passam horas seguidas a beber uma cervejas e comer uns tremoços, falam basicamente de mulheres, futebol e carros. Gargalhadas e anedotas, amena cavaqueira. Muitas vezes cravam dinheiro e nunca mais o devolvem.

Pois que as mulheres têm um grupo mais reduzido de amigas. Algumas de longa data outras nem por isso. Para se conseguirem juntar é complicado devido aos compromissos familiares, normalmente filhos. Quando conseguem uns minutos juntas falam, normalmente de coisas sérias. Das suas preocupações do dia-a-dia, das doenças dos filhos, dos atritos com o marido, desabafam, falam todas ao mesmo tempo. Zangam-se frequentemente quando alguma diz "eu avisei-te", já sabias que isso ia acontecer", muitas vezes ouvem as verdades na cara, não gostam e amuam.

Quando se trata de assuntos importantes como, por exemplo, mudança de residência ou nascimento de um filho o comportamento dos amigos e das amigas é este:

Os amigos dele: desaparecem.

As amigas dela: ajudam a empacotar os caixotes,. Levam um lanchinho. Emprestam coisas dos próprios filhos, como banheira, esterilizador, biberões, roupinha. Oferecem prendas aos miúdos pelo aniversário.

Cada um que tire as suas próprias ilações.