quinta-feira, 16 de julho de 2015

Era suposto ninguém reparar? (Não recomendável a sensíveis)

Eu já me ando a conter há uns dias mas aqui vai:


Mostrar publicamente careca de quimioterapia é como ter mamas de silicone e usar decote até ao umbigo: 

                            É ÓBVIO QUE TODOS VÃO REPARAR!!!

Logo: é óbvio que o objectivo era CHAMAR A ATENÇÃO.

Na vida politica nada se faz inocentemente…


Não menosprezando o momento difícil, é óbvio, que não levou um lencinho na cabeça ou uma peruca discreta (porque dinheiro não lhe falta para comprar um das boas) porque não quis. E não quis porquê?

 Ah e tal, está no direito dela!
Pois está. Assim como a malta está no direito de comentar a torto e a direito, afinal o tempo da ditadura já acabou. 


4 comentários:

Timtim Tim disse...

Lê a Visão desta semana. Talvez fiques a pensar de forma diferente.

Anónimo disse...

Já não baste ter a doença, ainda tem que se preocupar em não incomodar ou chocar quem está saudável?
Sinceramente, isto é tão mesquinho, tão mauzinho, que apenas me apetece ser igual e dizer: Quando lhe calhar a si, ou algum dos seus, não saia de casa, use u lenço, um turbante ou uma peruca, pois a sua doença irá certamente incomodar os que vivem num mundo de aparências, onde todos pensam igual a si, e acham que os que escolheram andar carecas, são uns anormalecos que pretendem chamara a atenção...como se o cancro lhes deixasse tempo para estas merdas!
Já agora, se for no caso de um homem, como fazer? Pois, é que se usa um lenço ou peruca, vai ser achincalhado porque quer chamar a atenção.
Esta "polémica" só demonstra o quão mesquinho e mau é o ser humano (alguns)!
E sabe para que serve a sua opinião e das pessoas mázinhas iguais a si? Para as fazer sofrer mais ainda. Para as fazer sentir mal em sair à rua, e em não conseguirem aceitar a doença, pois para muitos, pior que o cancro, é o sofrimento psicológico por se verem sem cabelo. Como poderão ultrapassar isso, se todos criticam e enxovalham quem quer que a "coisa" seja mais natural?
´Talvez um dia entenda o outro lado, por si, ou por um dos seus!

Liliana disse...

Concordo plenamente com o anónimo! Toma lá que já almoças-te..

Pobre em ouro disse...

Realmente ainda és bem pior do que aparentas ser na forma de estar em vida.
Estima bem o teu marido e o corpo, porque se alguma dessas coisas falha, vais mesmo ter de arranjar o amor e uma cabana.

E demonstras bem que sem o dinheiro do teu marido não vives feliz. Lá vais ter de consultar mais contas em busca do 3 felizardo.