quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Pobre e mal agradecido

O meu filho estava doente com febres altas, não comia e eu estava sem dormir há 3 dias. Factos que o meu chefe conhecia.

Ainda assim apresentei-me ao serviço no último dia anterior às férias porque era fim do mês, há mais trabalho, para não deixar o chefe pendurado e blá, blá, blá . Entrei mais tarde e saí meia hora mais cedo. Deixei o meu serviço feito, o do chefe adiantado e antes de sair perguntei-lhe se tinha mais alguma coisa para eu fazer. A resposta foi:

- Não. Não tenho mais serviço para ti mas como chegaste mais tarde acho que deverias
esperar pela hora de saída.

Acontece que eu não lhe pedi opinião. Perguntei-lhe se tinha trabalho. Não tendo, basei.

No dia seguinte o meu filho dava entrada no hospital onde acabaria internado por 2 dias.

Tenho a dizer que numa próxima será assim:


- Estou, chefe? É para avisar que estarei de baixa a próxima semana porque tenho o meu filho doente. Xauzinho.

Sem comentários: